• large-2
    Comportamento, Textos

    O que fazer em tempos de ódio?

    ver post
  • large-2
    Playlist

    Playlist: Agosto

    ver post
  • large
    Amor, Textos

    Ser sensível é corajoso

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: Siga Os Balões

    ver post
  • October 18, 2011
    postado por

    Algumas pessoas sempre se sentem como se não fossem boas o suficientes. Sentem como se simplesmente não se encaixassem em um lugar, ou como se nunca fossem perfeitas, nunca fossem consideradas adequadas para a sociedade. Eu já me senti assim, você já se sentiu assim. Porque as pessoas insistem em só se importar com o externo, com a embalagem? Alguns dizem que realmente se importam com o que tem por dentro, mas é só uma ilusão, uma mentira inventada pelos mesmos para não reconhecer que, dentro de si, existe muito mais que um rostinho bonito ou traços “perfeitos.” A verdade é que muitas pessoas só levam o externo em consideração. Mas e o interno? O que elas tem por dentro? Não é só uma beleza que vai defini-las.

    E assim são criados os rótulos, essa hipocrisia sobre perfeição ou não. Perfeição não existe, e nem nunca vai existir. Todo mundo tem defeitos e qualidades, mesmo que não aparentem, elas também tem sentimentos. Julgá-las, colocá-las em um grupo ou dizer quem é bonito, feio, legal ou excluído não vai mudar sua personalidade ou visão de ver o mundo. Até porque, ninguém tem só defeitos. Existem pessoas que tem talentos ocultos, coisas que nem elas mesmas sabem que são boas. Mas não demonstram ao mundo porquê? Pelo medo. Pelo medo de ser julgado, desaprovado.

    Existem imagens demais, mentiras demais e pouca realidade. Existem pessoas que estão ali – sempre estiveram ali -, e merecem seu determinado valor. Mas, qual seria o motivo de não o receberem? Beleza não define ninguém. E sinceramente, tampouco uma personalidade. São as escolhas no final, que determinam quem nós somos. São os sentimentos que vivem ali dentro de nós todos os dias, mas são ofuscados pelos sorrisos que damos, muitas vezes que não são verdadeiros, são os sentimentos que no fundo, só nós sabemos. E isso, não existe ninguém que possa julgar.

    As pessoas precisam focar-se mais em si mesmas, menos nos outros. Parem de tentar sempre classificar as pessoas pelos seus gostos, pela sua beleza, ou pela sua personalidade. Parem de sempre dividi-las em grupos porque outras não parecem aceitas pela sociedade. As pessoas procuram demais padrões, procuram demais rótulos e personalidades que vão determiná-las, se preocupam demais com o que é “bonito” ou “feio”, em vez de simplesmente perceber que as pessoas tem sentimentos.

    Que elas tem medos, planos, sonhos. E se sentem impedidas de encontrá-los quando são pressionadas a fazerem parte de algo que não é delas. Precisamos de menos pretensão e mais foco no que é verdadeiro.

    October 18, 2011
    postado por

    O episódio mais esperado da segunda temporada de Pretty Little Liars (e talvez até de toda a série) estréia nessa semana (19/10) na Abc Family, nos Estados Unidos, em um especial de Halloween de PLL depois de mais de um mês sem a série em hiato. Os produtores estão preparando o episódio em que várias perguntas serão respondidas, além de ele ser todo em flashbacks. Ou seja, veremos quase tudo que aconteceu nos dias anteriores e no ano em que Alison foi assassinada! Intitulado de “The First Secret”, ele vai contar que “A” já chantageava as Liars muito antes da morte de Alison, de como a personagem era em Rosewood e quais são os principais suspeitos e as muitas pessoas que a odiavam! Até a abertura da série, uma das mais famosas (ao som de Secret, do The Pierces) ganhou uma nova versão Halloween para ser exibida no episódio.

    Segundo os produtores da série, muitos personagens que estavam desaparecidos há alguns episódios irão voltar nos flashbacks, mostrando como era a sua relação com a Alison. Entre eles, Noel, que mantinha uma amizade de amor e ódio com Alison. Lucas também vai aparecer em várias cenas do episódio como um dos principais suspeitos de ser “A”, pois será mostrado na cena os anos em que ele foi atormentado e humilhado por Alison. Como se formou o quinteto e como Alison escolheu as quatro meninas também será revelado na série.

    Segundo vários spoilers divulgados pelo TV Fanatic e outros sites americanos, veremos também como começou a relação de Aria e Ezra, em um flashback: ela não começou necessariamente no encontro em um bar no primeiro episódio da série. Descobriremos que, na verdade, eles se conheceram há alguns anos atrás na festa de Halloween. Meredith, a amante do pai de Aria também vai retornar nesse episódio. Segundo os produtores, ele guarda muitos outros segredos do que a traição da sua esposa! Abaixo, confira os vários vídeos (além da promo oficial legendada) e Sneak Peek (cenas do episódio). Alerta: spoilers e muitos cenas surpreendentes, como o primeiro encontro de Alison e Jenna!

    October 18, 2011
    postado por

    Queria poder afastar a dor que trago em meu peito, queria poder ser dona do meu destino, queria eu mesmo defini-lo. Queria poder consertar as coisas, queria que o sofrimento não existisse no mundo. Sabe de uma coisa, queria que tudo fosse diferente, queria que o meu passado ficasse para trás, que saísse da minha mente e que ele não fosse mais minha condenação, queria apenas olhar para o presente e me concentrar no futuro. Queria que minhas escolhas fossem as certas, pra falar a verdade queria ser dona do certo e da verdade, mas as coisas não funcionam como eu quero e sim como elas devem ser. Queria que as pessoas se preocupassem comigo de verdade e não perguntassem “você está bem?” apenas para perguntar, apenas para fazerem seu papel, queria que elas se importassem, mas enquanto isso não acontece queria parar de me importar tanto, queria não envolver-me como me envolvo, queria não ser tão frágil ao ponto de acreditar em alguém que não merece, queria não ser frágil apenas para evitar decepções. Queria mudar palavras ditas e logo arrependidas, queria mudar atos, reações. Queria apenas viver em uma historia onde o final é feliz e para sempre. Queria que não existisse a queda e vaias, queria que a vida fosse feita apenas de risadas e distrações, não queria perder e muito menos ganhar, queria ser neutra, ter paciência, e não deixar de acreditar nas coisas quando decepcionar. Meu querido diário aqui as coisas parecem tão mais fáceis, aqui consigo enxergar tudo claramente, mas tem um porem, assim que fecho este caderno as coisas se tornam dificeis e embaralhadas e muito mais complicadas do que antes, porque se antes não tinha respostas agora eu tenho, só não sei como usá-las… Apenas queria que você estivesse aberto em todos os meus momentos, em todo o tempo em que estivesse enfrentando a vida, queria apenas que tudo não passasse de sonhos. Queria que a vida fosse colorida e que não existisse o preto e o branco. Que tudo fosse feito de acordes de musicas e que esses fossem apenas dançantes. Queria apenas que as pessoas dessem valor a suas vidas e que elas não ficassem sofrendo por coisas banais, porque elas perdem seu tempo com coisas sem importâncias? O tempo é curto e você só tem uma chance de fazer as coisas, será que é tão dificil de enxergar isso? Queria apenas querer e poder… Queria todos os meus desejos realizados, queria paz, quer amor, queria felicidade em um mundo onde as pessoas não acreditam mais em si, queria a salvação, queria esperança. Queria apenas viver e viver e viver…

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA