• large
    Viagens, Videos

    Vlogs legais de viagens

    ver post
  • 18033802_1425737924156032_8579091541036371031_n
    Música

    Bandas que vale a pena ouvir

    ver post
  • Arte: Juliana Rocha
    Comportamento, feminismo

    #MeuCorpoNãoÉPúblico

    ver post
  • large
    Séries

    Série: The Defenders

    ver post
  • November 4, 2011
    postado por

    Amor. Pode ser uma palavra difícil para alguns, mas a verdade é que ela em si não é. São as coisas que ela lhe traz é que podem ser difíceis. Os sentimentos te enchem por dentro, te levam à loucura em alguns momentos, e em outros, podem machucar. O amor é a insegurança, é o vício, é o ciúmes, são os momentos inesquecíveis e os detalhes guardados na memória. Claro que nem tudo é amor. Amor é uma palavra grande demais no seu sentido: intensa demais. Só quem já sentiu sabe como ela realmente é. É aguardar longos dias, semanas ou meses mesmo sabendo que a ausência de alguém pode ir lhe tornando outra pessoa. Uma pessoa com mágoas.

    Mas, no fundo, o amor é capaz de tornar qualquer um feliz quando necessário. E só quem já se apaixonou – pelo menos uma vez -, sabe como são aqueles sentimentos que sempre vão lhe entorpecendo por dentro. Aliás, pensamentos que nem são mais seus, habitados apenas por um outro alguém que já é tão íntimo da sua mente que nem lhe cabem mais pensamentos sobre a mesma pessoa todos os dias. E você, incrivelmente, repara em tudo. Em todos os pequenos detalhes, manias e pontos da personalidade que guarda na sua cabeça para relembrá-los depois.

    Não é o amor que machuca as pessoas. São algumas dificuldades que vêm com ele. E, sinceramente, nenhum amor é sempre fácil. E quando se é verdadeiro, permanece por muito tempo. Porque, para que dure, para que seja verdadeiro, você tem que sempre buscar as soluções. Tem que correr atrás, insistir, lutar. Porque amar verdadeiramente nunca é tão fácil como parece, e justamente por isso, é tão intenso.

    A paixão é sempre forte demais, forte até para alguns que não sabem lidar com ela. Te faz ser quase uma outra pessoa: em alguns momentos mais feliz, em outros, mais insegura. Porque de algum modo você quer sempre passar tempo demais do lado de quem realmente gosta. O maior tempo possível. E ao lado daquela pessoa, esse tempo sempre passa rápido demais, rápido como um borrão. Diferente daqueles dias longos, exaustivos e aparentemente vazios com a ausência de quem se ama.

    Se apaixonar, amar, ou até para alguns que ainda estão se acostumando com o sentimento – gostar -, é sempre cheio de pensamentos que invadem a cabeça. É uma experiência que se pode levar sempre, porque só quem já sentiu ou sente sabe como é se apaixonar por alguém. Alguns poucos, outros mais ou menos, e aqueles como eu, intensamente. Ou é tudo, ou não é nada. O vício acaba te atingindo aos poucos, porque você simplesmente se apaixona por cada pequena parte da outra pessoa. Seja a personalidade, sejam os defeitos, qualidades ou até as coisas que ninguém mais parece perceber, só você.

    Amor é aquele sentimento meio confuso, meio inexplicável, mas de que algum modo, parece mexer demais com a nossa cabeça. Sempre.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA