• large-2
    Textos

    Paralisada

    ver post
  • large
    Viagens, Videos

    Vlogs legais de viagens

    ver post
  • 18033802_1425737924156032_8579091541036371031_n
    Música

    Bandas que vale a pena ouvir

    ver post
  • Arte: Juliana Rocha
    Comportamento, feminismo

    #MeuCorpoNãoÉPúblico

    ver post
  • February 25, 2012
    postado por

    A tag de “Intercâmbio” aqui no site é atualizada frequentemente. Seja com dicas de países (e várias informações sobre eles), para abranger públicos diferentes, e também formas de como realizar esse sonho. Várias meninas possuem interesse em fazer intercâmbio, justamente por que a experiência de conhecer outro país, outra cultura, conhecer pontos turísticos e uma realidade totalmente diferente da nossa é incrível. Mas para isso acontecer, precisamos de uma ajuda essencial de dois pontos: a agência de viagens… e os nossos pais. Eles bancam boa parte da viagem e oferecem o apoio necessário para viajar. Mas, como convencê-los?

    Converse sobre o assunto

    A maneira de falar com eles sobre o intercâmbio não é simplesmente ter uma ideia e assustá-los logo de cara, afirmando que você quer (muito) viajar. Nada disso. O melhor é passar várias semanas procurando várias informações, como preços, agências, locais e tudo o que é preciso para realizar um intercâmbio. A melhor forma de eles irem aceitando a ideia é se você, um pouco de cada vez, for falando com eles sobre a sua vontade, que é passar um tempo em outro país (estudando, trabalhando ou cursando uma faculdade).

    Uma boa dica é acessar o site da CI, uma das maiores agências de intercâmbio do país. Lá, é possível encontrar diversas informações sobre o assunto. Pesquise, e vá falando para os seus pais as informações que você já sabe: sem pressão. Se você tem essa vontade há tempos e eles sabem disso, é muito mais fácil de iniciar o assunto.

    Seja independente

    Imagine: você está em um país totalmente desconhecido, que nunca foi na vida. Com pessoas diferentes, que não conhece. E sem a presença de ninguém da  sua família. A cena em si pode ser bem apavorante para quem não tem independência e experiência em saber se virar sozinha. E isso é extremamente importante para quem vai embarcar em um intercâmbio.

    Conhecer a si mesma, saber viver alguns – vários – dias sem a presença dos pais, ter maturidade o suficiente para encarar novos lugares, sem ter medo do novo, é um dos pontos que conta na hora da viagem. Por exemplo: se sua mãe mal deixa você sair sozinha, é praticamente impossível que ela libere um intercâmbio.

    Mas não precisa entrar em desespero! Uma boa forma é buscar liberdade aos poucos. Mostre que você sabe sobreviver sozinha, sem a ajuda dos pais o tempo todo. Se ofereça para ir ao supermercado, ir à alguns lugares a pé, sem carona, mostre que você é madura e sabe lidar com várias situações diferentes. Sabe aquelas tarefas de casa que te “obrigam” a fazer toda hora? Cumpra-as, sem reclamar. Assim, você só mostra que sabe fazer várias coisas.

    Dê confiança

    Os pais precisam de confiança nos filhos para concordar com um intercâmbio. Não tem jeito. Por isso, cumpra os horários que eles dizem para você. Se sempre chega tarde da noite em casa por causa de uma festa, bate o pé quando eles não te liberam para sair com alguma amiga e por isso inventa de sair de casa sozinha, não tira boas notas na escola… eles não vão achar que você vai se virar bem em outro país.

    Ter boas notas é uma etapa importante. Se sair bem na escola, fazê-los conhecer seus amigos mais próximos, mostrar que você cumpre os horários de estudo, sabe conversar muito bem com eles e expor suas opiniões já é um bom início. Não desrespeite os seus pais. No caso, são eles que vão liberar a sua viagem. Por tanto, seja responsável. Cuide das suas coisas, ajude nas tarefas de casa e mostre que você vale a confiança.

    Aborde o assunto diversas vezes

    Você já sabe que precisa de muita informação sobre o intercâmbio para convencer os seus pais. Mas vale também usar argumentos: seu bom desempenho na aula, sua independência, a ideia de que ter uma experiência em outro país pode te ajudar nos estudos, a ingressar em uma boa faculdade no Brasil, conhecer pessoas diferentes, expandir suas ideias, e até mesmo investir em um bom curso de inglês lá fora.

    Aprimorar a língua estrangeira é um ponto forte da viagem. Estudar mais e ganhar experiência para a vida também. Saiba conversar e mostrar os motivos pelos quais você quer tanto ingressar em um intercâmbio!

    1. Monique Premazzi Feb 25, 2012

      Intercâmbio é o meu sonho desde sempre. Atualmente ando recebendo revistinhas da EF pra curso no exterior e acho que minha mãe já deixou, não sei bem. Ela deve pensar que já tenho idade o suficiente pra sair do país sozinha, mas ela precisa saber de tudo e ficar por dentro de todos os detalhes, fato. KKKKKKKKKKKKK

      Adorei o post, amiga!
      Beijos,
      Monique <3

      P.S.: Eu estou vendo o plugin do facebook aqui no site. Só que ta muito embaixo. Você conseguiu arrumar já? Minha amiga que fez o layout que arrumou pra mim.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA