Frases: Gabito Nunes
04/05/2012 | Categoria: Frases

“Saudade não é um bom motivo para ter de volta as pessoas que você tratou com descaso enquanto estavam do seu lado.”

“O amor tranquilo tem reconhecido valor, mas procura os iguais. Só o ódio é capaz de unir diferentes como nós.”

“Suas palavras, mesmo em alto e bom português, parecem não mais falar minha língua.”

“Mesmo num amor de linhas tortas como o nosso, o fim parece um erro, como um ponto final no meio da frase.”

“Tenho frases guardadas, que fiquei de dizer quando houvesse sentido.”

“Mais ou menos não rende papo, não faz inverno nem verão, não exige uma longa explicação. É melhor estar alegre ou estar triste, mais ou menos é a pior coisa que existe.”

“Já não consigo dar passos tão largos. Eu ando desesperançado com as novas canções que duram pouco e repetem sempre a mesma letra.”

“Não é incrível pensar que lá fora existe alguém pra você, que por enquanto é um completo desconhecido?”

“Posso não ser um bom partido, da turma dos bacanas, o grande amor da vida de alguém. Mas, cá pra nós, do jeito que as coisas andam, já sou bom o suficiente, apenas por tentar.”

“Não perca o agora, o hoje e tudo que está ao seu redor. Principalmente as pessoas. Pois, se não notou, é por elas que você busca grandes coisas. De todos os beijos que você dá, nunca saberá qual deles será o de despedida.”

“Às vezes, a gente deixa de viver belas histórias de amor arranjando essas listas pessoais de razões intimistas.”

“Sem grandes esperanças. A gente não foi um sentimento, só uma estação.”

“Mas não existe recomeço sem um fim. E no final das contas, ninguém dá adeus, do amanhã não se sabe. Vai que um dia, numa determinada situação, em algum bar de esquina, nos encontraremos novamente? Nenhum amor é eterno.”

“Sempre que paro pra me ouvir, boto fé em nós. Ontem eu pensei seriamente em aceitar suas vírgulas, se você não encucar com minhas reticências. Quem sabe assim a gente permaneça cada dia mais perto, e tão longe de um ponto final.”

“Bastam uns dias sem te ver pra eu já não saber o que fazer com os próximos.”

Quem é? Gabito Nunes é um escritor brasileiro, que nasceu em Porto Alegre, em Fevereiro de 1982. Publicou livro de micro-contos como “A Manhã Seguinte Sempre Chega” e “Não Sou Mulher de Rosas”, além do e-book de crônicas “O Tudo que Sobrou.” Ele também já colaborou com algumas revistas, como Gloss e Ragga. No momento, planeja escrever seu primeiro romance, “Ao Norte De Mim Mesmo.”


Monique Premazzi

“Às vezes, a gente deixa de viver belas histórias de amor arranjando essas listas pessoais de razões intimistas.” Amei essa!

Como sempre, não conhecia o escritor, porque eu sou uma feia procuro nada que seja nacional. 100% cultura de outros países e 0% de cultura do próprio país. Dificil. KKKKKKKKKK

Beijos,
Monique <3

[Responder]

Suzi

Nunca tinha ouvido falar do autor.
Mas, parece que ele quer se firmar como escritor.
Muito boa sorte^^

[Responder]

Mariana

“Bastam uns dias sem te ver pra eu já não saber o que fazer com os próximos.”

Aaaaaaaaaaah que lindooon! <3 e tbm não conhecia , viu? Adorei!
E obg pelo o elogio, flor! *_*

[Responder]