• tumblr_ov74bamQis1s2uvgco1_1280
    Filmes, Música

    Gaga: Five Foot Two

    ver post
  • large-2
    Textos

    Paralisada

    ver post
  • large
    Viagens, Videos

    Vlogs legais de viagens

    ver post
  • 18033802_1425737924156032_8579091541036371031_n
    Música

    Bandas que vale a pena ouvir

    ver post
  • April 17, 2013
    postado por

    Não se apaixone por pessoas clichês. O cara mais bonito e que todo mundo gosta talvez não seja a pessoa certa para você. Aquele que parece um modelo de capa de revista e é desejado por todas as suas amigas também não. Sem falar da pessoa que mais se destaca, que está no centro das atenções, que tem todos os olhados voltados para ela… com certeza você conhece alguém assim, ele ou ela, e sabe que essa pessoa provavelmente tem vários candidatos para ter um relacionamento amoroso. Não é realmente algo muito complicado para essa pessoa, ter opções.

    Mas você já pensou que talvez ser diferente de todo mundo e escolher a pessoa distante, no seu próprio canto, pode ser o melhor no final das contas? Não estou dizendo que não vale a pena se apaixonar por quem está sempre na frente dos holofotes. Mas vemos isso em revistas, livros, filmes. A protagonista é tímida e sempre quer o garoto mais popular. Típico de filme americano. Ou ela: a) descobre que está apaixonada pelo melhor amigo no final da história ou b) consegue o garoto que quer. Mas ambos sabemos que na vida real, na realidade, tudo é bem diferente dos finais previsíveis da televisão e das páginas.

    Não vou ser hipócrita e dizer que eu não sou uma pessoa que já viu alguém bonito e depois não ficou sonhando com a pessoa por ai. Já aconteceu isso comigo várias vezes, e provavelmente vai acontecer de novo, mas percebemos que no final das contas no fim os que mais valem a pena são os que nos surpreendem de algum modo. Que são os que nós não esperamos. Aquela pessoa que pode ter a mesma música favorita que você pode não estar bem na sua frente, ela pode não aparecer hoje, amanhã, ou semana que vem.

    Já temos aqueles pensamentos fixos na nossa cabeça: eu quero alguém que pode parecer aquele personagem de filme. Nosso relacionamento tem que ser do jeito Y, e ele tem que agir do jeito X. Queremos uma pessoa com cabelo lindo, olhos azuis, que diga as palavras certas, faça determinadas atitudes, enfim, toda aquela velha fantasia de garoto que vai corresponder a todas as nossas expectativas.

    Mas vamos ser sinceros? Tudo isso é vazio demais. Não que você tenha que se apaixonar por um garoto galinha que fica com duas por noite e – assim se torna imprevisível – o fato é que se a gente olhasse mais pro lado, percebesse as pessoas que estão ali, veria que elas podem ter bem mais potencial do que outras que só ficam nos nossos sonhos. Outro dia eu cheguei a uma conclusão: você pode saber que um garoto é o certo quando consegue conversar com ele sendo você mesma. Se tem medo, se pensa 50 vezes antes de dizer qualquer coisa, então é porque talvez ele não seja a pessoa que mais combina com você. Porque fingir e se privar o tempo todo em uma única conversa, é sinal de que você não se sente confortável.

    E para o amor acontecer, se sentir à vontade é essencial.

    1. Tati Lemos Apr 17, 2013

      Oi bia,

      Enfim! Depois de muito tempo consegui retornar ao cantinho dos blogs amigos.

      Adorei o texto, tua visão e reflexão sobre o relacionamento, algumas partes jurei que estava lendo a Martha Medeiros, e como vc disse, estar a vontade e de bem consigo mesma acima de tudo.

      Abraços querida!

      http://www.portiprati.com/

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA