• Kennedy em Porto Alegre. Foto: Guadalupe Bastos @_lupe
    Música

    The Maine no Brasil

    ver post
  • large-4
    Comportamento, Textos

    Reconstrua

    ver post
  • large-3
    Playlist

    Playlist: Julho

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: Outros Jeitos de Usar a Boca

    ver post
  • June 17, 2013
    postado por

    Provavelmente você já sabe de toda a onda de protestos que anda acontecendo desde a semana passada no Brasil. O primeiro rolou em São Paulo, na Terça-Feira, e pela primeira vez vimos todo o povo brasileiro unido, junto e nas ruas, com cartazes, frases e gritando, exigindo todos os seus direitos. Tudo isso começou (ou chegou ao ponto limite) após o aumento da passagem de ônibus. Eu pago R$3,00 para fazer um caminho que seria de 10 minutos da escola até a minha casa. É caro, e o preço deveria ser muito menor. Um exemplo de como a passagem aumentou? Confira na ilustração abaixo.

    Na minha opinião, sabemos que o futebol é importante. Faz parte da cultura do nosso pais, sim. E também motiva legião de torcedores. Mas e todo o dinheiro investido em estádios na Copa? Investido em jogadores? Ele não vai para hospitais, escolas, ou professores. O professor, por exemplo, ganha uma migalha todos os dias pelo que deveria ser uma das profissões mais bem pagas. É hora das pessoas lutarem pelos seus direitos. Se você não pode sair às ruas, ajude nas redes sociais. Hoje (17/06) é o dia oficial para usar a tag #ChangeBrazil para dar atenção à causa na mídia, já que a televisão não propaga tudo isso.

    Aqui neste link você confere a lista de todas as cidades que irão fazer protestos. Com certeza a sua está lá.

    Este vídeo é um dos mais interessantes que foi publicado sobre o assunto. Ele foi postado na conta da Folha no Youtube, e mostra todos os últimos protestos que aconteceram em São Paulo, principalmente alguns vídeos em que os policiais agem com violência com os protestantes e jornalistas (que estavam lá à trabalho). Uma das jornalistas levou um tiro de bala de borracha no olho. O nome da repórter era Giuliana Vallone.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA