• large
    Viagens, Videos

    Vlogs legais de viagens

    ver post
  • 18033802_1425737924156032_8579091541036371031_n
    Música

    Bandas que vale a pena ouvir

    ver post
  • Arte: Juliana Rocha
    Comportamento, feminismo

    #MeuCorpoNãoÉPúblico

    ver post
  • large
    Séries

    Série: The Defenders

    ver post
  • August 10, 2013
    postado por

    “Você pensou que ele era diferente. Aliás, tem pensado que muita gente é diferente nos últimos tempos. Se toca, não há tanta gente diferente assim, ainda mais disponível, sem obsessão por algum amor passado, ou que não mistura calça riscada na vertical com camisa de listas horizontais.” Gabito Nunes

    Sabe aquela sensação que a gente tem quando as coisas estão erradas? Quando apenas uma frase de alguém pode destruir o seu dia, destruir a sua semana, bagunçar todas as coisas que você tinha demorado tanto para arrumar? Tudo que você encaixou no lugar durante dias; os nossos pensamentos, os nossos sentimentos. E de repente tudo vai para o espaço. Quebra. Bem rápido e sem que mais ninguém tente não deixar cair no chão. É assim que eu me sinto comigo, com os outros, quando alguém vem e dizer alguma coisa que dói.

    Que pode nos machucar profundamente, mais do que os outros acham. Porque é o que dizem: atitudes valem muito, mas palavras também sabem decepcionar os outros. Ah, como sabem. Você tem que ter muito cuidado ao dizê-las, ao pronunciá-las, por quê acreditem, elas podem atrapalhar tudo que um dia demorou para ser construído. Será que durante toda a nossa vida vamos ouvir alguma critica? Será que sempre vai ter alguém que vai nos colocar para baixo, jogar uma verdade (ou uma mentira) no nosso rosto, apontar o dedo, e fazer tudo ficar errado?

    E assim as coisas se perdem. Tão fácil. Apenas por uma frase ou outra pronunciadas, a gente sente tudo balançando, tudo saindo dos conformes. E agora, o que fazer? Como continuar com os nossos planos? Como não deixar as coisas também saírem do lugar só por causa disso? Acho que o ser humano nunca tem noção do que palavras ou brincadeiras causam aos outros, por quê definitivamente não são eles que estão sentindo tudo isso.

    E como diz Gabito Nunes: “Aliás, tem pensado que muita gente é diferente nos últimos tempos.” Exatamente. Eu estou mudando de lugar. Quase mudando de casa, quase mudando de cenário. Se eu olhasse para um ano atrás, ainda me reconheceria, mas acharia que as coisas estavam muito diferentes. Mas talvez a realidade da vida que eu só descobri agora é que mesmo que a gente mude até de país, os nossos maiores defeitos ainda estarão aqui e eles ainda irão nos atormentar até nós finalmente superá-los e não é um lugar novo que vai alterar as coisas.

    E se no fundo tudo permanecer o mesmo? E se eu ainda me deixar destruir pelas mesmas coisas, pelas mesmas atitudes bobas que não deveriam derrotar ninguém? E se eu continue achando que os outros são diferentes, quando não, eles não são? A primeira impressão não é sempre a verdadeira e é tão difícil enfiar na cabeça que sorrisos e frases prontas não são tão verdadeiros. Já me disseram que eu sou enganada fácil: e é ruim admitir, mas eu sei que me deixo levar muitas vezes.

    E acredito de novo. E tento uma nova amizade, um novo amor, tento alterar as coisas. Mas é ruim cair de cara no chão, confiar em alguém, ai a pessoa quebra sua confiança mais uma vez. Por quê? Seria mais fácil então ficar incluso no seu mundo? Não mudar nada, esquecer, esquecer todos os objetivos que eu tinha?

    Mas me dizem que o caminho é cheio mesmo de obstáculos e temos que superar isso. Arcar com as consequências das coisas que fazemos e aprender que afinal, não devemos pensar tanto nas pessoas como nossos melhores amigos ou maiores companheiros em tão pouco tempo. Nunca sabemos se a gente é só uma coisa necessária para elas durante algumas semanas e que logo depois, vão nos esquecer.

    É fácil precisar dos outros quando lhes convém. Só que é difícil, mesmo pra mim, admitir que as coisas são passageiras. E confesso que sempre quando eu tento me reerguer e pensar que alguém pode chegar e mudar tudo… ela mostra só o contrário.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA