• 26e14d287bd9c5f49b36990e398601d0
    Comportamento

    Um recado para o Instagram

    ver post
  • space love xx Scott Brian Madeiras
    Amor, Reflexão

    Antítese

    ver post
  • 71e0db6e93ee0415f7c0c0cb28e2027c
    Looks, Moda

    Looks para o verão

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: A Quimica Que Há Entre Nós

    ver post
  • August 18, 2013
    postado por
    “E desde que eu te esqueci tá tão bom sem você, você ir fez tão bem por aqui, desde que eu te esqueci eu tô tão outro alguém, que eu nem sei porque que é que você não vem…” Clarice Falcão

    Um casal termina. E na semana anterior eles diziam que se amavam; e as milhões de fotos postadas na internet? E as declarações? Isso tudo não significou nada? E os passeios no cinema, as confissões, os desabafos, a aliança de namoro, os beijos inesquecíveis? Sumiu. Não existe mais em um passe de mágica. E agora, cada um vira para um lado, segue a sua vida e posta frases de superação no Facebook ou posta no Twitter que está indo para a balada. Achou que essa situação descrita não era novidade alguma? Pois é assim que as pessoas se comportam no século 21 e a gente sabe disso.

    Percebi que hoje em dia nada significa grande coisa. Gostar não quer dizer que você realmente quer alguém ao seu lado; e sim que a acha bonita, gosta da aparência dela e está a fim. Estar apaixonado também não. Você pode mudar de opinião daqui a quinze dias e na próxima festa já “se apaixonar” novamente por outra pessoa. E namorar então? Não, só porque você namora alguém não quer dizer que você ama essa pessoa. Os sentimentos são rápidos. Eles chegam sem percebermos e também vão embora em um estalar de dedos.

    E aí, coitado da pessoa que acabou se apaixonando por aquele garoto que mandou uma declaração fofa pelo Facebook. Acredite, ele pode estar ficando com outra garota no exato momento (e não é invenção minha, tá? Já aconteceu com amigas minhas!). Agora, desde quando as pessoas terminam e passam a não sentir mais nada? É sobre isso que trata uma das músicas mais famosas da Clarice Falcão: “Eu Esqueci Você.” Sobre essa pressa para deixar de lado, jogar tudo para o alto, fingir que está feliz e baladeiro agora que o relacionamento acabou.

    Chega a ser engraçado quando alguém termina o namoro e umas semanas depois diz que seu coração já está ganho novamente, que ele vai é ir se divertir e voltar para casa as seis da manhã. Sabe o que é isso? Uma máscara para fingir que as coisas estão normais. Que a pessoa não está decepcionada ou machucada. E se não existir máscara nenhuma, se ela quiser mesmo é se embebedar e ficar com o primeiro desconhecido que cruzar o seu caminho, então me desculpa, mas nunca existiu amor. Nunca existiu nem um carinho mais especial.

    Não deixa-se de amar alguém de uma hora para outra. Acreditem em mim, isso não existe. Se o teu namorado terminou contigo e uma semana depois estava tudo normal, tranquilo, ok, nada complicado… então é por quê, amigo, você nunca realmente se importou tanto assim com aquele relacionamento. Veja bem: gostar ou ter atração física é uma coisa. Gostar do beijo e do abraço, por exemplo. Mas amar mesmo, com tudo, com vontade, com dedicação e o sentimento de que sem aquela pessoa você ia perder uma parte muito feliz da sua vida, é totalmente diferente. Não confundam as coisas!

    É tão ridículo alguém terminar todo um relacionamento de meses, ou até anos, e passar a se fazer de bem resolvido. Não faça isso consigo mesmo. Os nossos sentimentos devem ser valorizados e não existe uma regra que diz que somos obrigados a superar alguém em uma semana. Respeite a si mesmo, sabe? Você pode superar alguém em dois meses, três, levar um ano. Até dois. Ou mais. E dai? Quem sente isso é você. Quem ama, é você. O coração que agora tenta se recuperar é seu e não dos outros. E ninguém tem nada a ver com isso.

    É por isso que eu não me jogo em um relacionamento. Tenho pavor de gente que finge as coisas, que ama num dia, odeia no outro. Ui. Não quero nem passar por isso. Até porque, pra amar, tem que ter coragem e disponibilidade de tempo livre para se dedicar alguém. Pareço até uma chata falando isso, mas amar dá um trabalho e eu não ando disposta a me esforçar muito por isso, não. Mas se você ama, se você está solteiro, ou namorando… quando a sua vida tomar um rumo inesperado, não precisa fingir nada. Só assuma o que sente. Só isso.

    1. Suzana Aug 18, 2013

      Concordo plenamente com você (já disse isso? kk) , eu tb nem me jogo em relacionamentos, porque hoje em dia é complicado!

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA