• 26e14d287bd9c5f49b36990e398601d0
    Comportamento

    Um recado para o Instagram

    ver post
  • space love xx Scott Brian Madeiras
    Amor, Reflexão

    Antítese

    ver post
  • 71e0db6e93ee0415f7c0c0cb28e2027c
    Looks, Moda

    Looks para o verão

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: A Quimica Que Há Entre Nós

    ver post
  • November 19, 2013
    postado por


    Nem parece que o ano escolar está acabando. A verdade é que sempre dizemos frases clichês como “tudo passou muito rápido”, e “eu nem vi os meses passando”, mas não seria mentira dizer isso agora, né? Porque foi exatamente o que aconteceu em 2013, pelo menos para mim. Porém, outros momentos foram super arrastados. O inverno foi bem longo, meio chatinho, eu não aguentava mais aquele frio, e várias situações que aconteceram nesse ano me fizeram ansiar muito (mas muito!) pelo final do ano. Vocês nem imaginam o quanto. Mas o sufoco passou, os problemas estão sendo deixados para trás (assim espero) e agora a gente entra naquele clima típico de Novembro e Dezembro.

    Todo ano nós podemos aprender alguma coisa. A gente sempre pode ter a oportunidade de fazer algo de diferente. E nesse ano eu usei essa vantagem, essa chance que a vida nos dá de realmente perseguir aquilo que queremos; e foi o que eu fiz! A grande lição do ano? Que nada acontece se a gente não fizer as coisas acontecerem. Dá trabalho? Sim. Um trabalho absurdo se vocês querem realmente saber, e o caminho é cheio de furadas, decepções, momentos péssimos que nos fazem querer desistir, voltar atrás, se esconder no quarto e nunca mais sair de lá. Porque o novo traz junto consigo um medo horrível do que vamos nos enfrentar. Mas engana-se quem pensa que são só coisas ruins que ele traz. As experiências que ficam são muito boas! As pessoas que conhecemos, os lugares que vamos, tudo isso parece que vai pra bagagem da vida, para as nossas costas, nos ensina coisas novas.

    Eu também aprendi a lidar com muita coisa nesse ano. Aprendi que não devemos aguentar ninguém nos rebaixando. Não devemos nunca deixar que as pessoas pisem na gente, e você tem o direito de falar, de dizer o que pensa sim e a pior coisa que o ser humano pode fazer é ter que aguentar tudo calado, sem se expressar. Sofrer opressão: de qualquer meio, de qualquer modo. Opressão lembra algo antigo para os dias atuais, mas eu aposto que todos nós sofremos disso todos os dias e nem percebemos.

    Não vou dizer que essa época escolar foi maravilhosa em tudo, porque não foi. Às vezes parece que os baixos foram maiores do que os altos, mas então eu me lembro dos momentos que a gente passa com os amigos, aqueles verdadeiros, e que provavelmente vão deixar muita, mas muitas saudades no futuro (na verdade, já está deixando). Vou sentir uma falta absurda de conviver com algumas pessoas todos os dias. Não sei se contei, mas ano que vem vou para outro colégio, e eu nunca costumo mudar de colégio. Só aconteceu duas vezes e sempre foi para lugares que eu já tinha uma ligação, ou conhecia todo mundo.

    Levei como ligação muitas coisas. Uma delas é que eu termino 2013 sem Matemática ter entrado na minha cabeça, porém com muito esforço até que eu consegui boas notas esse ano (por boas notas, leia-se 6, 7, e pasmem: um 9! Nem eu acreditei gente) mas quem sabe ano que vem eu não consigo superar esse problema que eu carrego desde a primeira série? E também soube enxergar quem é amigo. Temos que saber separar as coisas. Chega dessa ideia maluca de se dedicar e fazer loucuras por todo mundo. E também cheguei a conclusão de que eu posso esperar coisas de uma amizade e que as coisas tem que ser reciprocas.

    Só queria perder o meu medo bobo, as minhas expectativas que nunca mudam (mas até que nem são tão grandes assim). Não tirar conclusões precipitadas de todo mundo; vivo fazendo isso, achando que as pessoas são alguma coisa – seja bom ou ruim – e quando eu realmente conheço elas é um susto. Sou meio pessimista, admito, e deixei de acreditar um pouco em tudo e em todos. Mas espero que isso mude. A gente tem que dar uma chance para o mundo, e para os outros. Amanhã é o último dia de aula de 2013! Mais um ciclo se fecha. E que venham os próximos. Que venham as novas fases. E como dizem: “se estiver com medo, vai com medo mesmo.”

    1. Rodrigo Nov 20, 2013

      coragem é tudo o que você precisa!

      Mas, ei, o ano passo MUITO RÁPIDO de vdd. rss

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA