• 26e14d287bd9c5f49b36990e398601d0
    Comportamento

    Um recado para o Instagram

    ver post
  • space love xx Scott Brian Madeiras
    Amor, Reflexão

    Antítese

    ver post
  • 71e0db6e93ee0415f7c0c0cb28e2027c
    Looks, Moda

    Looks para o verão

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: A Quimica Que Há Entre Nós

    ver post
  • December 26, 2013
    postado por

    Ano de vestibular não é fácil para ninguém. Nesse ano, eu tive a minha primeira experiência, fazendo o Enem. Desde pequena já tenho total certeza do curso que eu quero fazer e a faculdade que também desejo cursar. Para os que não sabem, quero fazer direito, na UFSC, universidade federal daqui de Florianópolis, ou a UFRJ, a federal do Rio de Janeiro, caso eu planeje mesmo me mudar para lá após o final do ensino médio. São objetivos fáceis? Nem de longe! Sei que muita gente batalha por uma vaga na faculdade federal e o curso de direito é conhecido por ser um dos mais difíceis de passar. Já tenho consciência plena disso e se eu quiser passar será preciso muitas horas de dedicação, estudos e esforço total.

    Como minha mãe foi coordenadora por mais de quinze anos e também é professora de literatura e língua portuguesa eu convivo com essa história de vestibular desde cedo. Já conheci muitos alunos que passaram meses estudando para passar em Medicina (e conseguiram!), outros que na primeira tentativa não tiveram sucesso mas continuaram tentando e por fim conseguiram, e outros estudantes que mudaram o curso que queriam no meio da faculdade, fizeram vestibular de novo, por ai vai.

    Se você acabou de se formar no terceirão (ou não!) e já fez o vestibular, sabe que a apreensão nesse momento é grande. A expectativa ultrapassa os limites e parece que todos só falam em passar, estudar, entrar na faculdade… por fim, chega o momento de conferir a lista dos aprovados. E o seu nome não está lá! A primeira reação: choque. A segunda: decepção. E o conselho que eu te dou nesse momento é que não é o fim do mundo. Estudar bastante e ver que não passou realmente deixa qualquer um desolado e triste, se sentindo péssimo consigo mesmo. Mas não é sempre que conseguimos alcançar o que queremos. E você não é o único! Eu penso que também ficaria super triste se isso acontecesse comigo. Ainda mais porque eu me cobro muito. Mas já pus na minha cabeça que eu posso não conseguir na primeira tentativa.

    Você sabia que a maioria dos estudantes que entraram em medicina na USP, por exemplo, a maioria já havia feito cursinho por quase dois anos e 48% deles não estavam prestando o vestibular pela primeira vez? Aqui nessa matéria do Guia do Estudante você pode conferir muitas histórias de alunos que estudaram um tempão, mas finalmente conseguiram entrar no tão sonhado curso. Também é bom avaliar o seu desempenho, pegar provas dos anos anteriores e ver qual foi a matéria que você foi mal, e concentrar os seus estudos naquilo que te traz mais dificuldade, porém sem deixar de lado o seu ponto forte. Se é bom em redação, treine muito para ela. Com um ótimo texto, suas chances vão ser bem maiores do que a dos outros candidatos, já que muitas pessoas tem dificuldade na redação.

    Se o desempenho foi baixo, é porque você não entendeu o conteúdo. A sua escola influência muito nisso, mas é possível recuperar as matérias perdidas. Procurar outro cursinho, pedir opiniões de professores, investir a sua grana em algo que realmente vá dar um gás nos estudos vale muito a pena. Aliás, o cursinho é a primeira opção de praticamente todo mundo que não consegue de primeira, e muitos estudantes do terceiro ano também optam por fazê-lo durante o ano letivo.

    Claro que pode ser bem decepcionante ver os amigos comemorando que passaram, postando milhões de fotos e textos grandes no Facebook, se empolgando para o inicio da facul, mas saiba que nem de longe você é o único passando por isso. Não é com certeza, o único estudante a tentar muitas vezes passar em um curso super concorrido e não conseguir. Isso leva tempo; independente do que você tiver escolhido cursar, identificar no que errou é o primeiro passo para tomar as rédeas e mergulhar nos livros.

    Não deixe que ninguém diga que você não é capaz. Milhares de depoimentos de pessoas que realmente conseguiram estão ai para provar de que todo mundo é capaz sim, com cotas, sem cotas, estudando em faculdade pública ou particular. Às vezes nós não conseguimos de primeira mesmo. Afinal, muitas coisas da vida não vem na primeira tentativa. Nem na segunda, ou na terceira. Vem quando a gente realmente estiver pronto, e sem nunca ter desistido do que queríamos.

    1. Ana Lúcia Dec 26, 2013

      Acabei de passar pro segundo ano, e também estudo bastante afim de conseguir passar no vestibular mais tarde! Ainda não sei o que vou fazer, mas seja o que for tenho consciência de que terei que batalhar para passar. Mas sobre não passar de primeira, é um fato que realmente temos que aceitar, nem sempre conseguimos realizar tudo de imediato, e talvez mais um ano estudando só sirva para ajudar a obter um maior conhecimento e tudo que for necessário para ingressar na faculdade! Adorei a matéria *-*

    2. camila lacerda Dec 27, 2013

      Pode acreditar que seu post vai ajudar bastante gente :)

    3. Karol Dec 27, 2013

      ahhhh, adorei o post!!!
      eu terminei o terceirão no ano passado e não passei na federal. foi bem triste!! ai fiz cursinho esse ano e fiz vestibular de novo, to bem mais confiante, mas ainda assim com medo pq o curso q escolhi é um dos mais concorridos, Publicidade, ai tenho aquele sentimento de que deveria ter estudado mais. mas agora só esperar pelos resultados.
      espero q dê tudo certo pra você, e se não der esse ano, nao se desespere pq vc ainda tem muito tempo pra continuar tentando.

      bjsss

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA