A mudança não chega de um dia para o outro
14/01/2014 | Categoria: Comportamento, Escrita, Textos

Virada do ano e inicio de janeiro é sempre a mesma coisa: a gente jura que vai mudar. Que não fará mais as mesmas coisas. Que vai deixar de vez o passado. A gente jura que não será mais o mesmo. O pior é que caímos sempre nessa mentira. E já virou rotina declarar mudança para o primeiro dia do ano. Mas na semana seguinte estamos lá, do mesmo jeito. Fazendo as mesmas coisas. E é cômico porque esperamos pela mudança como se ela realmente fosse chegar de paraquedas.

Sei que já estamos no meio de janeiro e que o inicio do mês ficou lá para trás.  A verdade é que estou ensaiando escrever este texto desde o dia 3 desse mês e só hoje sentei em frente ao computador para digitá-lo. Mas porque estou contando isso? Porque planejei algumas metas para esse ano e uma delas era sobre isso: não deixe para fazer amanhã o que foi pensado e planejado hoje! E percebi que estava fazendo exatamente isso, então tirei uma conclusão.

Não adianta você preparar uma lista ou programar metas para o novo ano que está por vir, você provavelmente não irá cumprir e isso só te trará aborrecimento pessoal. Isso é porque a mudança não chega de um dia para o outro, assim num passe de mágica. Ela vem gradativamente e ao seu tempo. Não compensa você planejar certas coisas se você não está apta a buscar pela mudança. Porque pode ter certeza ela não vem de passagem num trem para visita-la, você precisa correr atrás dela, se esforçar para chegar aonde quer chegar.

Então querida leitora, tenho uma coisa a te dizer: nem todos os seus sonhos serão realizados e suas metas programadas certamente não serão atingidas só porque você escreveu em um simples papel e ficou esperando que ela acontecesse.

Quer um conselho? Rasgue sua lista ou esqueça suas metas. Não se prenda a ela. Claro, você deve sim traçar objetivos, mas deve também correr atrás deles e ter sempre em mente que o que tem que acontecer um dia vai acontecer independente do que for. As suas chances pode surgir e escapar todos os dias, mas cabe você a ficar atenta aos detalhes para não jogar as oportunidades fora. E quando você estiver lá na frente irá compreender que suas experiências, sendo boas ou ruins são uma parte de você e que nem todas as coisas são como planejamos.