• large (2)
    Comportamento, Textos

    Sobre recomeços

    ver post
  • 30726718_10155368975121027_8077220680606679040_n
    Playlist

    Playlist: Abril

    ver post
  • 30582445_1682313098528967_8534345049331204096_n
    Ilustração

    Universo em Bolha de Tinta no Catarse

    ver post
  • tomoffinland
    Filmes

    Filmes de Abril #1

    ver post
  • Março 16, 2014
    postado por

    O Universal Orlando Resort é um complexo de parques que foi inaugurado em 1990, com a finalidade de reproduzir vários estúdios da Universal, é um parque temático dividido em várias áreas e dedicado à muitos filmes e personagens famosos e queridos pelo público. Pessoalmente, ele foi o meu parque favorito que eu visitei na viagem para Orlando. O motivo é que impossível estar no Universal e não sentir a magia daquele lugar! Os cenários são maravilhosos, te transportam para filmes e épocas diferentes, sem falar no parque do Harry Potter (foi emocionante como fã da saga estar lá, finalmente!) e os brinquedos radicais são emocionantes. Sem falar na CityWalk a noite, que é linda!

    Universal Studios e Islands of Adventure

    O parque é dividido nessas duas grandes áreas. A primeira é focada nos cenários e partes diferentes  – ele possui vários, como Nova York, Hollywood, Production Central, San Francisco, World Expo e KidZone – nos personagens, que em alguns horários do dia sempre estão nos parques prontos para bater foto com todo mundo, além de vários simuladores (na Disney eles são super reais. Você se sente transportado para aquele mundo!) e muitos restaurantes temáticos, de super-heróis e quadrinhos principalmente. Já o Islands tem como seu maior destaque o Wizarding World of Harry Potter, Jurassic Park, e muitos brinquedos radicais.

    Os brinquedos que eu mais gostei

    Sou super fã de montanha-russa, e não perco uma. Até as mais loucas, eu sempre topo ir, pra mim é uma das partes mais divertidas dos parques e em Orlando, elas são cheias de surpresas, ou seja, o trajeto nunca vai ser exatamente do jeito que você pensa. Elas sempre passam por lugares inusitados, e são feitas em cenários bem diferentes. A primeira que eu fui, foi a do Hulk, localizada logo na entrada do Islands. É uma das mais fortes da Universal. No inicio, você passa por um túnel escuro meio devagar, para logo depois ela acelerar e ir muito, mas muito rápido!

    Ah, e o destaque também vai para os simuladores. Em alguns, o carrinho fica parado e a tela em 3D só vai mudando, e em outros ele se mexe e vai passando pelos cenários. Porém, eles não são simples! A tecnologia dos parques é de deixar qualquer um de boca aberta. É tudo muito real. Você se sente completamente dentro dos cenários. Eu amei o simulador do Homem-Aranha, que te faz sentir no topo dos prédios da cidade e enfrentando alguns vilões. O do Simpsons é muito divertido e você vai em uma montanha-russa junto com os personagens, enquanto Maggie vira um bebê gigante prestes a destruir tudo pela frente. A do Transformers também é incrível. E o legal é que tudo nos parques são planejados. Os detalhes são perfeitos. Você não vai encontrar defeitos! Se esperar 30 minutos numa fila, não vai ficar morrendo de tédio, porque enquanto você está nela, vai passando por cenários super bem bolados sobre o brinquedo escolhido.

    Além do Hulk, eu também fui na Hollywood Rip Ride Rockit, uma montanha-russa muito legal, cheia de loopings e uma queda gigante no início. Ah, e o mais divertido é que você vai o trajeto todo ouvindo uma música, que você pode escolher antes do brinquedo começar. Uma das minhas preferidas foi a Revenge Of The Mummy. Imagine uma montanha-russa completamente no escuro, e muito rápida! Então, ela é exatamente assim. E com muitas surpresas e cenários legais também. Numa hora, a parede ao seu lado começa a pegar fogo e você também sente todo o calor.  O caminho para chegar nos carrinhos é bem escuro e surpreendente.

    Essa é a emocionante Rockit!

    Revenge of the Mummy é um dos brinquedos mais incríveis do parque

    E tem muita coisa legal para as crianças mais novas também. Aliás, eu via muitas famílias nos parques, os pais sempre iam acompanhados de três filhos pelo menos, sem falar na grande quantidade de gêmeos que tinham lá. O brinquedo favorito dos mais novos era o Despicable Me Minion Mayhem, um filme em 3D onde você virava um Minion (e tinha que aprender a agir como um!). Eu achei bem fofo. Confesso que amei Meu Malvado Favorito 2.

    Existem alguns brinquedos também que você vai a pé, e muitos deles são mais interessantes para quem entende inglês, já que os funcionários ficam interagindo bastante com o público, como o Twister – Ride it Out e Disaster. Eles são opções legais pra quem quer dar um tempo depois do almoço e não ir direto nos brinquedos mais empolgantes.

    RESTAURANTES

    Os lugares para lanchar são vários. Tanto quanto nos dois parques, você encontra muitas opções, algumas mais baratas, outras mais caras, porém os preços não variam tanto assim e os pratos também não. Você vai encontrar muito frango e batata-frita, macarrão, carne, hambúrguer, e se quiser salada, a maioria tem pedaços pequenos de frango. Sim, é frango em praticamente todos os pratos! Cuidado ao pedir coisas com pimenta, porque lá tudo é mais forte e os molhos são muitos. Em alguns lugares a água é grátis. Eu optei por ela em praticamente tudo que comi. Um lanche médio é em torno de 5 ou 6 dólares, os maiores, de 10 à 13 dólares.

    As barraquinhas de comida que tem nos parques (pipocas, sorvete, chocolate) são mais caras. Alguns preços são super salgados então não vale a pena sair comprando tudo o que você vê pela frente. E tudo vem em grande quantidade também, as porções não são muito pequenas, e quando são, na verdade trazem comidas que logo depois você já vai ficar cheio. Por isso, eu optava por coisas leves, porque nos parques, tem que andar muuito durante o dia todo!

    Esse foi um dos meus parques favoritos para bater várias fotos, além do Magic Kingdom. Tem muitos lugares legais, como eu disse anteriormente, todos os detalhes são muito bem feitos. É uma visita que vale a pena! Sem falar no CityWalk, um dos lugares mais bonitos que eu já vi a noite. Quando escurece, todas as luzes se iluminam, é algo fantástico de ver, sério. Nessa área do parque, que fica entre o Universal Studios e o Islands, as pessoas podem ir sem pagar (porque você não entra em nenhum dos dois parques), então, a noite, muita gente vai para lá nos restaurantes, bares e tudo mais. Tem uma vida noturna bem agitada, rolam até alguns shows. Fiquei morrendo de vontade de ir no cinema, que tinha uma estrutura gigante, e um grande telão com nome de todos os filmes (lançamentos que ainda nem chegaram no Brasil) passando.

    CityWalk durante à noite. (Imagem)

    O próximo post será sobre o The Wizarding World of Harry Potter!

    Março 4, 2014
    postado por

    Eu sempre ouvi vários elogios sobre o seriado norte-americano Bates Motel, que estreou no início de 2013 nos EUA. Porém, eu nunca tinha assistido, então nos últimos dias das minhas férias – como viciada por séries que eu sou – resolvi fazer uma maratona e assistir toda a primeira temporada completa, já que a segunda teve início ontem, no dia 3 de Março. Produzida pelo canal A&E e protagonizada pelos incríveis Freddie Highmore (eu já tinha visto vários filmes dele), Vera Farmiga (que foi indicada ao Emmy) e Max Thieriot, o enredo principal é contar a história da adolescência de Norman Bates, um dos psicopatas mais famosos da história do cinema, e protagonista do filme Psycho, que foi lançado em 1960 e dirigido por Hitchcock, mas provavelmente todos vocês já conhecem ou até assistiram o longa.

    Quem ama suspense, ação, e séries com temas complexos, vai amar essa. Os personagens são super interessantes, dando ênfase para Norma, que rouba a cena milhares de vezes. A relação dela com o filho é conturbada e de total proteção. Os dois são muito próximos e ela não dá nenhuma liberdade para Norman, por isso, os dois desenvolvem uma relação de ciúme e controle um sob o outro.

    A trama também tem muitos momentos de tirar o fôlego (você não vai querer desgrudar os olhos da tela) muitas reviravoltas e cenas intensas. Já no primeiro episódio, o ritmo é super rápido e envolvente. Mãe e filho se mudam para uma cidade do interior, chamada White Pine Bay para tentar recomeçar depois da morte do pai de Norman. Por isso, eles acabam comprando uma casa por lá e um hotel também, que já tinha muita história e problemas antes mesmo deles chegarem.

    O elenco desempenha um trabalho incrível e todos os atores estão muito bem nos papéis. Freddie incorpora super bem o Norman e ainda consegue dar sentimentos e um lado diferente para um personagem que no futuro, vai se assumir mesmo um psicopata. E é interessante ver também os indícios e sinais desse comportamento dele ao longo da adolescência, que vão surgindo aos poucos, mas ficam bem claros. Vera Farmiga está arrasando como Norma, no início da série eu não gostava muito da personagem, mas mesmo com as burradas e loucuras dela, é difícil não se apegar. O posto de “normal” da família fica mesmo para Dylan, o irmão que era a ovelha negra da família, mas entre todos eles é o que mais tem a cabeça no lugar.

    A segunda temporada já está no ar e abaixo você confere o trailer.

    [+] Download em torrent
    [+] Assistir online
    [+] RMVB/AVI legendado

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA