• tumblr_otd3vcusr81vuf8d0o1_1280
    Ilustração, Tumblr

    Conheça a Bruna, do Poeticamente Flor

    ver post
  • screen shot 2017-06-15 at 1.31.34 pm
    Filmes

    Filme: A Morte Te Dá Parabéns

    ver post
  • large
    Playlist

    Playlist: Outubro

    ver post
  • 60ef470bb4bf66d50938e63f82c34ee9
    Beleza

    Cabelo curto para se inspirar

    ver post
  • March 25, 2014
    postado por

    Nos dizem que não devemos criar expectativas. Acho que essa é uma das frases que a gente mais ouve durante a nossa vida. Ou que eu ouvi! Sou daquelas pessoas que planeja tudo cuidadosamente. Cria imagens na cabeça, falas, e quando as coisas não aconteciam do jeito que eu esperava, eu ficava triste. Triste porque é uma das piores sensações do mundo – eu garanto – querer tanto que algo aconteça, torcer tanto por uma coisa, se dedicar à isso, e parece que a vida toma o rumo contrário. Escolhe outra estrada totalmente diferente e distante daquela. Uma no qual você não quer estar.

    É comum tentar pensar positivo. Se as coisas estão ruins agora, você se esforça para que elas estejam melhores no futuro. Tenta se agarrar à algum fiapo de esperança, algum sentimento, uma pessoa, o que quer que seja. Mas e quando você aposta todas as suas fichas em algo? E se decepciona tanto que fica difícil fazer outros planos, para tentar superar essa mágoa que te atingiu em cheio? Nos dizem que devemos esperar. Que o tempo resolve tudo. Pois então, eu digo: odeio esperar. Odeio mesmo. Já fui muito boa nisso, mas experiências antigas me falaram que os meses se passam e nem tudo fica tão diferente assim.

    Não temos tanto tempo. Eu aprendi uma lição dolorosa, mas que é verdade: não sabemos o que vai acontecer amanhã. Nem depois de amanhã. Ou daqui a cinco minutos. A vida pode estar normal num dia e nos surpreender nos próximos segundos e ninguém sabe se tudo não vai dar um giro de 90 graus ou onde vamos parar.

    Eu não gosto de deixar as coisas para o próximo mês. E mesmo que a gente vá de cabeça erguida, aceitando as novas possibilidades, as coisas que nos acontecem, é árduo aceitar duras mudanças. É complicado se adaptar. E é ainda mais difícil para aqueles que são sonhadores, que planejam tudo nos seus pensamentos, ver seus planos tomando o rumo contrário. Pera aí. Não era nada disso que eu estava esperando! E não foi por isso que eu me esforcei tanto.

    Lutamos muito por alguma coisa só para chegar lá e descobrir que nada é aquilo que esperávamos. Ou que a gente simplesmente não se encaixa ali. Ter a sensação que não tem um lugar do qual você realmente pertence, e continuar buscando-o, é só para quem é perspicaz e corajoso. Não tem medo de percorrer longas distâncias para no final não achar o que procura. Mas cansa caminhar por lugares complicados e nunca se satisfazer.

    Eu não sei se essa busca incessante não acaba nunca ou é só resultado da eterna sensação do ser humano de querer mais, buscar por mais, desejar mais do que tem. Mas eu admito, sou ambiciosa. Sempre quero coisas maiores, lugares melhores, mais amigos. E sei que no fundo talvez, só o que a gente precise é de coisas simples e que nos façam feliz. Mas eu sempre quero mais coisas. E sim, eu já aprendi que não podemos ter tudo o que queremos. Isso é algo que eu já entendi faz tempo e de 90% das coisas que eu quero muito, só 15% delas se realizam, e não é por falta de vontade.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA