• 26e14d287bd9c5f49b36990e398601d0
    Comportamento

    Um recado para o Instagram

    ver post
  • space love xx Scott Brian Madeiras
    Amor, Reflexão

    Antítese

    ver post
  • 71e0db6e93ee0415f7c0c0cb28e2027c
    Looks, Moda

    Looks para o verão

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: A Quimica Que Há Entre Nós

    ver post
  • March 30, 2014
    postado por

    Sabe, gostaria de falar sobre borboletas. Vamos lá: antes de se transformarem em uma, elas passam por um processo de metamorfose – de lagartas esquisitas e desajeitadas, tornam-se insetos lindos e delicados. Nada de um dia para o outro, é um processo que requer paciência e espera, entende? Aquele casulo em que se forma também faz parte do processo de transformação. É que aquele espaço apertado foi o modo escolhido pela natureza para que o esforço exercido pela borboleta exercite-a e fortaleça suas asas, para mais tarde poder voar.

    Assim somos nós. Precisamos passar por etapas para conseguirmos liberdade.

    Contudo, buscamos sempre pela hora de voar, apressamos o processo de mutação e muitas vezes esquecemos de que precisamos deste processo para fortalecer nossas asas e só então conseguir voar. Trapaceamos com nós mesmos ao tentar fazer um buraco no casulo para facilitar a saída. E então, depois que saímos sofremos ao perceber que não conseguimos bater as asas e as arrastaremos pelo resto de nossas vidas.

    Almejamos tanto pela liberdade que colocamos de lado toda a etapa de amadurecimento. Pulamos etapas essenciais de nossas vidas que tem o papel de nos fortalecer para conseguirmos enfrentar qualquer obstáculo no futuro. E devido a nossa falta de paciência acabamos por ficar deficientes, limitando-nos a apenas rastejar pelo caminho.

    Temos o habito de associar liberdade com o ato de fazer o que se quer, sem nenhuma restrição ou impedimento. Na verdade liberdade é o direito de agir de acordo com o livre arbítrio, sem prejudicar a si ou ao outro. Mas para ser livre, há uma necessidade de amadurecimento, de mostrar se estamos prontos ou não para arcarmos com as conseqüências de nossas escolhas. E para que isso ocorra, precisamos passar pelo processo do casulo, pela hora certa de sair e forçar nossas asas a romperem as barreiras.

    Todos nós vamos conquistar a liberdade que queremos. Mas precisamos passar por obstáculos e, algumas vezes, um esforço extra é justamente o que nos prepara para o próximo desafio a ser enfrentado. Sem ele, é impossível aprender a voar. Quem se recusa a fazer esse esforço, acaba sem condições de vencer a batalha seguinte e chegar onde se quer estar. Por isso, ter paciência, saber esperar, lutar, descansar, mas nunca desistir são a chave para aprender a voar.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA