• large-4
    Comportamento, Textos

    Reconstrua

    ver post
  • large-3
    Playlist

    Playlist: Julho

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: Outros Jeitos de Usar a Boca

    ver post
  • large
    Textos

    Hábitos

    ver post
  • April 25, 2014
    postado por

    Dias desses li no twitter algo parecido com essa frase: “Querida, essa abertura nos seus dentes mais parecem uma entrada para Nárnia”. Li aquele tweet umas três vezes até me certificar que não havia lido errado e vou confessar: mexeu comigo. Porque, primeiro: o que uma falha estética no dente de uma pessoa vai mudar no caráter dela? Segundo: tenho dentes abertos. E não, não me importo com isso. Pelo menos não mais. Um dia me importei, mas depois de um tempo percebi que não vale à pena se preocupar com pequenos detalhes que não acrescentam nem diminuem o que eu sou. Mas quer saber por que aquela frase me deixou chateada? Porque, mais uma vez, tive a prova de que as pessoas mais se importam com a aparência do que qualquer outra coisa.

    Deixa eu falar uma coisa, para quem não sabe: muitas pessoas não tem condições de usar aparelho. Felizmente, não é o meu caso. Poderia ter ido ao dentista antes, colocado esse milagroso aparelho e ter deixado meus dentes certinhos, mas eu sou lerda com essas coisas e acima de tudo ocupei minha vida preocupando com coisas que mereciam mais atenção do que apenas uma abertura nos meus dentes. Nem sempre isso foi tão simples para mim. Teve época que eu nem queria conversar, ou mesmo sorrir nas fotos por vergonha deles, mas aprendi que sou muito mais que esse pequeno errinho que nasceu comigo. Mas e quanto às pessoas que não tem condições do qual me referi no inicio desse parágrafo, será que elas também não se importam? Muitas delas importam sim e, por causa de comentários assim, algumas param de sair para não passar vergonha.

    A falha no dente é apenas um exemplo que usei. Existem comentários piores que esse que acabam inferiorizando pessoas e ocasionando em diversos problemas. A gente tem mania de criar um padrão de beleza e se algo fugir daquilo ali imposto é considerado feio e conseqüentemente deve ser excluído da sociedade.

    Se eu for magra estarei dentro do padrão de beleza, se eu não for serei excluída, se eu tiver um celular do momento, uma roupa da estação, ou qualquer outra coisa que é imposto pelos doutores da mídia, com certeza serei aceita por todos. Mas caso o contrário, devo ser excluída de todo e qualquer grupo existente ao meu redor. Serio que isso ainda existe? Não da para acreditar e é uma pena ver que em vez de diminuir pessoas que pensam assim, faz é aumentar.

    As pessoas são muito mais do que aparências.

    Uma falha no dente não determina se alguém é simpático ou não, não determina quem ela é, mas as pessoas importam muito mais com o superficial, do que com o que está lá dentro da gente, nossa essência. É fácil julgar alguém pelo que ela aparenta, mas é difícil conhecer tudo que ela passou e aprender a gostar dela pelo que ela é.

    Enquanto tivermos pessoas como essa do citado tweet, continuaremos a ter comentários que inferiorizam outros. Mas se me permite o conselho, aprende que somos muito mais do que aparentamos ser e, não importa o que as pessoas digam, não vai mudar o que somos, por isso não devemos nos importar com certas coisas.

    1. Nana Apr 26, 2014

      Hey
      Gente que coisa ridícula e maldosa.
      Essas pessoas estão com uma imaginação muito errada sobre beleza, sinceramente vejo chamando pessoas de ‘feias’ gente q nem…pessoal hj só quer saber de perfeição e imagens q veem no Tumblr.

      Pessoal aqui no Brasil e nos EUA tb, desculpa por generalizar, gostam de ‘zombar’ de coisas que em outros países é normal e até parte da beleza do habitante; como espaço entre os dentes.. na Europa, por exemplo, mulheres são assim.
      Orelhas grandes, nariz grande…outros que são específicos da aparência de outros países.

      bjs
      Nana – Obsession Valley

    2. Stela Apr 26, 2014

      Concordo contigo.
      Muitos olhavam primeiro para a minha aparência, alguns em achavam bonita, outros, procuravam detalhes para criticar, e isso me deixava chateada também. Depois que cada uma dessas pessoas me conheceu, se tornou amiga e não desgrudava.
      E eu acho muita falta de vergonhar comentar algo assim, eu não sou magra, e sempre fui excluída, tímida, e meu rosto é cheio de espinhas, eu sempre procurava tampá-lo com minha franja, mas não adiantava, hoje, meu rosto está mais razoável, e eu emagreci, mas não sou magra, e os que me criticavam maldosamente, hoje estão terríveis, mas nem por isso eu vou odiá-los, eu me tornei amiga deles, e eles me conheceram de verdade.
      E eu nem tenho um celular do momento, meu celular é antigo.
      Adorei o post, simplesmente, falou por mim ^^
      Kisses ;*

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA