• photo-1483247416020-58799b6de4c1
    Autores, Comportamento, Textos

    Por que não podemos mudar?

    ver post
  • 5008ac8e1015fe395f5550618f0a139f
    Comportamento, Reflexão, Textos

    Minha jornada com a saúde mental

    ver post
  • 50581419_2082042728529657_3345152277970157568_n
    Ilustração

    Conheça a ilustradora por trás do “Deborices”

    ver post
  • fdae001884606f27f54ac412ef3da9fd
    Beleza, Moda, Tendência

    Tendência: O hype das unhas coloridas

    ver post
  • Novembro 8, 2014
    postado por

    The Red Band Society é uma série que estreou nessa última fall season nos Estados Unidos pela FOX, no dia 17 de Setembro (faz pouquinho tempo!). Ela é baseada no drama espanhol Polseres vermelles. A história fala sobre um grupo de jovens que vivem em um hospital de Los Angeles e tem doenças graves. Por isso, eles estão internados há um bom tempo e passam boa parte dos seus dias lá, tendo que enfrentar seus problemas pessoais, a doença e o fato de que talvez não tenham muito tempo de vida.

    A série é narrada por Charlie, um menino de doze anos que está em coma. Isso só torna a narração dele mais emocionante e profunda, já que o personagem, mesmo que não esteja acordado, pode ouvir tudo ao seu redor e conhece cada pessoa do hospital muito bem. Ele é um dos jovens que está há mais tempo lá. Logo após ele, veio Leo Roth, que foi diagnosticado com osteossarcoma (o mesmo câncer que o Gus tem em TFIOS, por exemplo) e precisa fazer uma cirurgia e amputar uma perna. Mesmo com tudo isso, ele ainda tenta enxergar coisas positivas na vida e é o mais rebelde dos personagens.

    Ele mantém uma relação de amizade e amor com Emma, que sofre de anorexia, e Dash, que tem fibrose cística. Os três sempre foram unidos, mas as coisas mudam um pouco quando dois novos jovens chegam no hospital: Jordi, que descobriu há pouco tempo que tinha câncer e sem família nenhuma para ajudá-lo, ele precisa se tratar com urgência, e Kara, uma garota egoísta que era líder de torcida e popular na escola, mas perde toda a sua vida antiga ao descobrir que tem problemas sérios no coração, e vai precisar de um transplante do mesmo. O problema é que, como ela usava drogas, vai direto para o final da lista de transplantes de coração.

    O elenco é ótimo e os atores conseguem passar bastante emoção. Aos poucos, com os episódios, vamos conhecendo mais sobre os jovens e as características de cada um. É difícil não torcer pela recuperação deles, até mesmo com a de Kara, que é a típica menina que só pensa em si mesma, mas que vai se humanizando na história, no decorrer do enredo. A equipe do hospital também é super presente nos episódios. As enfermeiras Dena e Brittany e o médico Jack, que é o responsável por eles, são personagens bem cativantes também.

    A série já ganhou o gênero de “dramédia”, que é quando um seriado mistura drama e comédia ao mesmo tempo. Temos momentos bem emocionantes, quotes incríveis, mas ao mesmo tempo temas difíceis são tratados com leveza. Óbvio que a visão da vida em um hospital é romantizada na série, mas eu acho que a proposta deles de falar sobre esses adolescentes que tem que lutar para sobreviver é feita de uma forma muito legal.

    [+] Download em Torrent

    [+] Online legendado

    1. Gabi Barbará Nov 09, 2014

      Achei interessante que a historia eh narrada por um menininho que esta em coma. A mae do meu ex tambem estava em coma quando eu o conheci. Ela ja estava em coma ha mais de um ano. Mas as vezes tinha reações. É um sinal claro pra mim, de que eles continuam escutando tudo. Nem sei se ela chegou a acordar. Tem um tempao isso.

      Enfim, vida que segue! Vou procurar saber mais sobre a serie.

      bjs de Filipinas,
      Gabi Barbará
      Barbaridades!

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA