Livro: Fangirl – Rainbow Rowell
23/12/2014 | Categoria: Livros

Título: Fangirl

Autor (a): Rainbow Rowell

Preço: R$22,60 na Saraiva

Páginas: 424

Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Eu estou apaixonada pela Rainbow Rowell gente. É oficial! Essa autora é maravilhosa! Eu comecei a ler o Fangirl com grandes expectativas, porque eu vi vários elogios sobre ele. E não me decepcionei. Sabe aqueles livros que se lê bem rápido, porque a história vai avançando e quando você vê, já chegou no final? Para mim, foi exatamente assim. Se você curte romances melosos, com cenas bem fofas (eu admito que gosto) então vai curtir bastante esse. Se o único que você leu até agora dela foi o Eleanor & Park – igual à mim, antes deste – já aviso que os dois são diferentes. Eleanor & Park é de certo modo mais emocional, maduro e conturbado. E Fangirl, é um YA mais leve, porém passa longe de ser um livro bobo.

A protagonista da história é Cath, uma garota de 18 anos que vive com o pai e a irmã gêmea, Wren. As duas sempre foram inseparáveis – porém diferentes – e melhores amigas, até a partida para a faculdade. Wren decide que elas devem viver novas experiências e não precisam mais ficarem grudadas, como sempre foram, até aquela idade. Começando pelo fato de que as duas não seriam colegas de quarto no primeiro semestre da faculdade, e Cath já estava acostumada a dividir tudo com a irmã e também ser como uma sombra dela.

Cath é completamente apaixonada e obcecada pela série de livros Simon Snow, desde sempre. E além de ser uma grande fã, ela também escreve uma famosa fanfiction na internet, “Vá em Frente” que recebe milhares de acessos todos os dias, com a sua própria versão da história, em que Simon se apaixona pelo inimigo dele, o Baz. As referências à Harry Potter são enormes! No livro, também acompanhamos vários capítulos da fanfic dela. Cath ama escrever e esse é o seu grande talento, e basicamente, quase a única coisa que ela gosta de fazer.

Por isso, ela vai para a faculdade com medo. Nunca foi boa em fazer amigos, e também não fazia esforços para conhecer outras coisas. Não frequentava festas, não sabia conversar direito com garotos, e só tivera um namoro sem graça e não muito real com o seu melhor amigo no ensino médio, o Abel, que já não convive mais com ela. E agora que Wren quer se desvencilhar da irmã, ela se vê sozinha e em pânico com todas essas mudanças radicais, a começar pela sua nova colega de quarto, Reagan, que é bem diferente dela.

Cath precisa enfrentar muitas coisas novas: seu primeiro semestre na faculdade, que é totalmente atribulado. O fato que ela precisa escrever contos que não sejam baseados em Simon ou Baz, o que ela não acredita que seja possível, já que ela se aventurou tanto por esse mundo que não encontra inspiração pra escrever algo sobre a vida dela. E também aos traumas de infância; ela cresceu sem uma mãe, que abandonou ela, Wren e o pai quando pequena, e volta repentinamente querendo contato. Essa é, na minha opinião, uma das partes mais maduras da história.

Agora, preciso destacar o romance incrível do livro. Levi é ex-namorado de Reagan e um garoto engraçado, simpático e especial. Levi sorri e encanta todo mundo, e sempre parece querer conhecer os outros (diferente de Cath). Ele se apaixona por ela aos poucos e o relacionamento deles, que demora para acontecer, vai crescendo capítulo após capítulo. É incrível a habilidade de Rainbow Rowell de fazer casais que combinam muito, e encantam o leitor.

Se eu for apontar as minhas partes favoritas da história, são aquelas em que Cath lê a sua fanfic para o Levi. É bem, bem romântico. Então, se você gosta daqueles livros com casais assim, Fangirl é para você. É bem difícil não se encantar pelo personagem, que é envolvente, carismático, e com uma personalidade bem interessante.

Já comprei o primeiro livro da autora, “Anexos” (mais conhecido como “Attachments”) que foi recém lançado aqui no Brasil. Começo a ler amanhã, então em breve já tem resenha aqui no blog!


Maria Clara Aragão

eu queria muito esse livro, ele é muito lindo
amei a resenha ? *-*

Sinceramente Blog ?

[Responder]

Nana

Oi Bia,
Já vou começar a leitura desse.
Tinha lido uma resenha negativa, mas fiquei animada.
Logo compro Anexos também *.*

beijos e feliz Natal
Nana – Obsession Valley

[Responder]