• Kennedy em Porto Alegre. Foto: Guadalupe Bastos @_lupe
    Música

    The Maine no Brasil

    ver post
  • large-4
    Comportamento, Textos

    Reconstrua

    ver post
  • large-3
    Playlist

    Playlist: Julho

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: Outros Jeitos de Usar a Boca

    ver post
  • January 13, 2016
    postado por
    Amandla Stenberg

    Eu falei bem recentemente da Amandla Stenberg no post das It Girls de 2015, e não é que ela já começou 2016 roubando a cena e trazendo atenção para assuntos que devem ser discutidos (e que merecem muita atenção)? Amandla é a capa de Fevereiro da Teen Vogue norte-americana; ela ganhou um ensaio fotográfico incrível e a sua entrevista foi feita por ninguém menos que Solange Knowles! Amandla, que tem 17 anos, falou sobre muitos temas: o sucesso do seu vídeo sobre Apropriação Cultural – que virou viral -, sobre aceitar a si mesma e aprender a amar o seu cabelo, feminismo e girl power, suas melhores amigas (um time composto por Willow Smith, Tavi Gevinson, Lorde e Kiernan Shipka!) e seus projetos futuros.

    tumblr_o0lquzeieo1qesepao6_500

    Solange questionou Amandla se ela sentiu algum medo antes de publicar o seu vídeo sobre Apropriação Cultural, que na verdade começou como um trabalho para a escola. Ela disse que não esperava que fosse visto de forma polêmica: “Eu não esperava que fosse ser tão controverso [polêmico]. E ter o rótulo de ‘revolucionário’ preso em você logo depois foi muito intimidante. Eu meio que tive um momento comigo mesma em que eu pensei, tipo: ‘OK. É isso que você quer fazer? Você realmente quer falar sobre esses problemas? Vai valer a pena?’, e ainda há momentos que eu fico: ‘Uau, isso é muita pressão.’ Mas vale a pena porque quando as pessoas vem até mim e dizem: ‘Eu estou mais confortável com a minha identidade por causa de você’ ou ‘Eu sinto que você me deu uma voz’, é a coisa mais poderosa de todas.”

    tumblr_o0lquzeieo1qesepao1_500

    Um dos assuntos que a atriz mais debate é sobre o seu cabelo, a aceitação e o preconceito com o cabelo afro. Ela revelou que não está cansada de falar sobre o tema como uma forma de empoderamento: “Eu sei que quando eu usei química para alisar o meu cabelo, eu o fiz por que que não estava confortável com o meu cabelo natural. Eu achava que ele era muito frisado. [aqui, ela usa o termo “poofy” e “kinky“, que poderiam significar ‘frisado’ e ‘retorcido’]. Então para mim, pessoalmente, quando eu comecei a usar o meu cabelo ao natural, foi como desabrochar, porque eu estava deixando ir todo o cabelo morto e toda a parte de mim que havia rejeitado o meu estado natural. Mas você sabe que não é assim para todas as garotas negras. Algumas tem cabelo liso porque é assim que elas gostam, e isso não significa que elas aceitam menos a si mesmas.”

    tumblr_o0lquzeieo1qesepao3_500

    Ela também disse que, nos dias de hoje, é mais fácil encontrar garotas que sejam parecidas com você, que possam te representar, nas redes sociais, e que antes não era fácil encontrar essa representação: “Eu acho que, honestamente, as mídias sociais mudaram isso de vários modos porque no passado você só poderia olhar para filmes, ou TV, ou música ou celebridades para sentir que você tivesse alguma representação. Agora você pode ir no Instagram e ver uma garota que parece como você e que está arrasando (‘killing the game‘) e expressando a si mesma. Só por poder ver isso, já é algo tão afirmativo.”

    tumblr_o0lquzeieo1qesepao7_500

    Sobre as suas melhores amigas (o seu #squadgoals), Amandla revelou que um dos seus amigos tem uma teoria de que quando você se torna amigo de outras pessoas poderosas e que possuam opiniões parecidas, o grupo de amigos brilha mais: “Kiernan [Shipka] está do meu lado desde o inicio. Willow é incrível. Eu sinto que nós somos destinadas a ser amigas. Nós estamos meio que na mesma vibe de longe, e então ela me manda uma mensagem do tipo: ‘Vamos sair’. Ela tem a maior energia atraente e radiante de todas. Sempre que nós saímos juntas, nós só rimos e dançamos, e vamos fazer caminhadas. E tem a Tavi – eu sou a maior fã do Rookie desde sempre. Eu checava o site todo dia, toda hora. Então o Rookie me chamou para fazer uma entrevista, e agora a Tavi é uma das minhas amigas mais próximas. Nós falamos sobre tudo e trocamos ideias entre nós; eu a mando alguns scripts, e ela os manda de volta.”

    Sem título

    Em parceria com a Teen Vogue e colaboradoras, Amandla também lançou três vídeos especiais no Youtube: “Black Womens Share Their Hair Stories”, “Why Black is Beautiful and Powerful” e “Things Black Girls are Tired of Hearing”, os vídeos são maravilhosos e vale muito a pena assisti-los. Eu não achei os vídeos legendados, mas se eu achar algum com legenda atualizarei aqui.



    • Você pode conferir a entrevista completa em inglês aqui. Lembrando que a tradução postada no blog não é literal.
    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA