• Capa_Angela.indd
    Livros

    Livros que eu li na faculdade #1

    ver post
  • Arte: Henn Kim @henn_kim
    Textos

    Rastros

    ver post
  • 1fa56655-c5d0-492b-ac49-5851d952c741-bccb073f-d38e-47d0-b171-f188697c72f4-hmrr_willian_kate_meghan_harry_ap_89-1
    Filmes, Livros, Música

    O que eu li, assisti e ouvi em Junho

    ver post
  • Garotas sensíveis são fortes. @AmbivalentlyYours
    Textos

    Reconstrução

    ver post
  • Junho 6, 2016
    postado por
    gabrielle

    A primeira vez que eu falei da britânica Gabrielle Aplin aqui no blog foi em 2013. Faz tempo! Desde então, ela conquistou mais sucesso na indústria musical e também lançou um novo álbum em 2015. Gabrielle também alcançou um público maior aqui no Brasil, já que o seu single “Home” (do disco de estréia) virou a música principal da novela Totalmente Demais. Na semana passada, ela fez o seu primeiro show aqui no país, no Cine Joia, em São Paulo.

    O último álbum leva o título de “Light Up the Dark” e traz um estilo um estilo mais pop que o primeiro disco. Mas ela não deixa de lado as suas composições sensíveis, românticas e que são perfeitas para ouvir naquele dia chuvoso, sabe? Ela ousou e algumas faixas são mais agitadas e grudentas, como “Sweet Nothing” (que é a minha favorita).

    gabrielle aplin

    Não deixe de ouvir: Skeleton, Shallow Love, Hurt, Together e What Did You Do?

    Ela também vive postando versões acústicas das músicas (além de faixas que ainda não foram gravadas no estúdio e alguns covers da Joni Mitchell no seu canal no Youtube. Eu sou apaixonada pelo que ela fez de “A Case of You.”

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA