• large-2
    Comportamento, Textos

    O que fazer em tempos de ódio?

    ver post
  • large-2
    Playlist

    Playlist: Agosto

    ver post
  • large
    Amor, Textos

    Ser sensível é corajoso

    ver post
  • imagem.aspx
    Livros

    Livro: Siga Os Balões

    ver post
  • October 27, 2016
    postado por

    Outubro foi um ótimo mês para adiantar as minhas leituras. Os meus dias andam super corridos e por isso às vezes a leitura fica de lado, mas eu consegui retomar o meu hábito aos poucos em Agosto e li alguns livros que já entraram para a lista dos meus favoritos de 2016. Todas as sugestões aqui foram obras que me fizeram rir, se emocionar, e acreditem, chorar muito também (acho que esse foi um mês emotivo gente). 

    por-lugares-incriveis

    Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven – Editora: Seguinte

    Este livro pode ganhar o título de o melhor que eu já li em 2016. Eu sei, talvez eu diga isso em muitos posts aqui do blog, mas eu nunca havia me envolvido tanto com os personagens como aconteceu em “Por Lugares Incríveis.” Violet Markey é uma menina de 17 anos que perdeu a irmã mais velha em um acidente de carro já faz algum tempo. Mas ela ainda não conseguiu superar a morte da irmã, e agora é uma pessoa muito diferente do que ela era antes do acidente. Theodore Finch tem poucos amigos, sofre bullying na escola, lida com a rejeição do pai – que agora possui outro filho e uma nova família – e vive na inconstância. Um dia ele está feliz, e no outro, profundamente triste.

    Os dois se conhecem e vão despertar um no outro sentimentos que muda a vida dos dois drasticamente, de uma hora para a outra. O tema principal do livro são as doenças mentais, como depressão, transtorno bipolar e ansiedade. A autora trata de temas complexos de maneira mais aprofundada, e acredite, você vai se emocionar e entender um pouco mais sobre a luta das pessoas (e na história, dos jovens, principalmente) que lidam com isso. O livro, de certa maneira, também pode ser levado como um alerta: os nossos problemas e os das outras pessoas devem ser reconhecidos e validados, e não ignorados. Eu senti uma conexão enorme com essa história e me apeguei muito aos personagens. Sabe aquele livro que você termina e parece que te deixa um aprendizado? Foi exatamente assim comigo. Indico para todo mundo ler. Mas se prepare, porque ele mexe com o seu emocional de verdade!

    harry-potter

    Harry Potter and The Cursed Child – J.K Rowling, John Tiffany e Jack Thorne 

    Foi emocionante para mim visitar o mundo criado por J.K Rowling outra vez. Não quero dar spoilers, mas se você é fã da série, não deixe de ler o livro: você não vai se arrepender. Além de saber mais sobre o futuro de personagens queridos, acompanhamos uma história praticamente protagonizada por Albus Potter, que desafia Harry constantemente. O personagem agora já tem 40 anos e é pai de três filhos. Ele trabalha no Ministério da Magia e conhecemos uma versão bem mais madura do antigo protagonista. O melhor amigo de Albus é Scorpius Malfoy, que possui poucas semelhanças com o pai. Os dois se dão bem logo de cara e desenvolvem uma forte amizade.

    A história é instigante, e você não vai ficar satisfeito até chegar na última página. Eu li apenas em dois dias: o enredo é extremamente envolvente e cheio de surpresas para os fãs da série. Não deixa nada a desejar, e o formato de peça dá um tom diferente para essa série de livros tão consagrada. Eu li a versão em inglês, mas foi tranquilo, pois o vocabulário não é difícil. A versão em português será lançada pela Rocco no dia 31 em todo o Brasil.

    sarah-dessen

    Uma Canção de Ninar – Sarah Dessen – Editora: Seguinte

    Sarah Dessen é uma das minhas escritoras favoritas de livros Young Adult. “Uma Canção de Ninar” é romântico, envolvente, mas com alguns toques de realidade. Ele não cai nos clichês e traz uma protagonista cética: Remy não acredita no amor. Sempre que está próxima de se envolver muito com alguém ela termina tudo. Ela tem medo de se magoar, principalmente após ver a mãe se casando e logo depois se divorciando, como se fosse quase um hábito, ano após ano. Com o fim do colégio e o início da faculdade em outro estado se aproximando, Remy quer aproveitar o seu último verão em casa. É aí que ela conhece Dexter, vocalista de uma banda que está fazendo shows na cidade. E ela tem uma regra bem clara: nada de músicos.

    Mas Dexter é muito diferente de qualquer outro cara que Remy já ficou. A começar pelas manias irritantes dele, e o seu jeito atrapalhado e nada perfeccionista. Ele não tem nada a ver com ela, mas por insistência do próprio Dexter, os dois se aproximam, e de maneira surpreendente, eles dão muito certo juntos. O livro fala sobre diversas formas de amor e de como as pessoas o visualizam de maneira diferente. Cada personagem lida com esse sentimento de uma maneira muito distinta, e isso foi o mais legal de perceber durante a leitura.

    1. Bianca Sampaio Oct 27, 2016

      Olá Ana,
      Já estou morrendo de amores pelo livro da Jennifer Niven ?
      Parabéns pelo blog, conheci a pouco tempo e já super virei fã.
      Beijos!

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA