• 7282f7c375b81a6321d7327758d135e5
    Looks, Moda

    Os sapatos queridinhos do inverno

    ver post
  • 4b9477e124aafe2457f31836952ca16c
    Playlist

    Playlist: Junho

    ver post
  • 56918b949232e9cc9429890603bd89de
    Moda, Tendência

    Tendência: Óculos vintage e cat eye

    ver post
  • pexels-photo-681794
    Comportamento, Textos

    Para todas as almas perdidas

    ver post
  • Junho 8, 2017
    postado por

    Um dos meus temas favoritos para falar aqui no blog é música, e eu amo descobrir artistas novas. Ultimamente eu ando tentando inovar e conhecer artistas que não são só do círculo EUA-UK, que a gente sempre ouve nas rádios; e o Spotify é o melhor amigo na hora de conhecer novas músicas boas. Nos últimos meses eu conheci duas cantoras da Escandinávia que se tornaram as minhas favoritas atualmente: Astrid S e a Zara Larsson. Nesse post eu indico mais algumas que valem muito a pena ouvir!

    Aurora

    large

    Ouça Siga

    Se você ainda não ouviu Aurora, corre! A norueguesa de 21 anos já tem vários fãs aqui no Brasil, e ela explodiu na Europa com a sua voz doce, que embala músicas com letras profundas que falam sobre diversos assuntos; as músicas dela tem um toque bem diferente, e um clima bem inovador na indústria musical. Aliás, o instrumental é um dos grandes destaques das músicas de Aurora. Todas as letras são escritas por ela, e a cantora disse que as suas músicas são sobre aceitar as coisas obscuras sobre si mesmo. Eu a conheci por meio da trilha sonora de Skam. Ah, e ela vai passar pelo nosso país em Outubro, com show em SP e RJ!


    Julia Michaels

    Julia-Michaels-bb1-predictions-2017-billboard-1240

    OuçaSiga 

    Julia Michaels cresceu em Santa Clarita, na Califórnia, e desde cedo ela já tinha habilidade para fazer o que faz de melhor: escrever músicas. Muitas vezes nós não sabemos quem está por trás de grandes sucessos dos artistas pop, e assim como Sia, ela passou anos escrevendo para artistas e emplacando músicas nas rádios (Hands to Myself, Good for You, Sorry, Love Myself, todas foram escritas por ela!) e não pensou em cantar – segundo Julia, ela sempre preferiu ficar por trás das câmeras -, mas foi o presidente de uma das gravadoras do qual ela trabalhava que insistiu nela. O seu primeiro single, “Issues”, foi um sucesso. Ela diz que quer fazer músicas emocionais, que faça as pessoas sentirem algo.


    Sigrid

    16473359_1172381729546487_4324564842816160771_n

    OuçaSiga

    Sabe aquele pop de qualidade que a galera da Noruega/Suécia/Dinamarca faz tão bem? Esse é o som de Sigrid Solbakk Raabe, que começou a sua carreira em 2013, e lançou em 2017 – aos 20 anos – o seu primeiro EP, intitulado de “Don’t Kill My Vibe”, que também dá título ao seu single principal. Uma mistura de eletrônica com letras chicletes e elaboradas (sim, tem muitos artistas pop cheios de conteúdo por ai!) ela é uma das promessas deste ano. Mas no catálago também tem espaço para baladas mais calmas, como “Dynamite“, que mostra a sua voz poderosa.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA