• 30582445_1682313098528967_8534345049331204096_n
    Ilustração

    Universo em Bolha de Tinta no Catarse

    ver post
  • tomoffinland
    Filmes

    Filmes de Abril #1

    ver post
  • 57ed11dfb878fd4b34b1641e59ebadf3
    Comportamento

    Como eu combato a minha ansiedade

    ver post
  • cinema-filme-pantera-negra-20180219-009
    Filmes

    Filmes de Março

    ver post
  • Abril 9, 2018
    postado por
    tomoffinland

    Tom of Finland (2017) – Dirigido por Dome Karukoski

    Produzido pela Finlândia, Tom of Finland foi um daqueles filmes que se tornou uma surpresa agradável e que em uma hora e cinquenta minutos me ensinou sobre cultura, arte e direitos LGBTQ+ que eu ainda desconhecia. Protagonizado por Pekka Strang (Tom) o longa conta a trajetória de Touko Valio, nascido em 1920 na Finlândia. É durante a Segunda Guerra Mundial que Tom começa a explorar a sua sexualidade. Ele cresceu em um ambiente artístico, e por isso, desenha e produz desde jovem. Os seus desenhos possuem caráter homoerótico, e é por meio deles que ele explora os seus desejos e o seu talento.

    Na época, era proíbido na Europa qualquer tipo de manifestação e prática homossexual. Ou seja, os desenhos que Tom produzia de cenas eróticas eram ilegais e ele estava em constante risco de ser preso pelas leis do seu país. Por mais que sofresse preconceito da sociedade e da própria família, a sua arte alcança níveis inesperados (na época, nos Estados Unidos, a cultura gay ganhava ainda mais força, principalmente na Califórnia). Ele se torna ídolo para milhares de pessoas no mundo inteiro, e ninguém pode mais impedir os seus desenhos de ganharem vida própria.

    O filme carrega uma atmosfera pesada em alguns momentos – como quando trata de temas como a AIDS e a perseguição aos gays na Europa -, mas também trás cenas de esperança e união, quando Tom encontra pessoas que o apoiam e acreditam no que ele faz. A história é baseada na vida do artista que faleceu em 1991.

    Captain-Fantastic-outdoor-cinema-Ibiza-2017-2

    Capitão Fantástico (2016) – Dirigido por Matt Ross

    Um dos melhores filmes que assisti este ano: é assim que defino Capitão Fantástico. Com uma história elaborada e cheia de nuances, o filme de Matt Ross (e também com roteiro feito por ele), trás o pai de família Ben (Viggo Morten) que cria os seus seis filhos de uma maneira totalmente diferente do resto da sociedade. Eles vivem em uma floresta próximo de Washington, aprendendo a caçar e a viver da terra. Porém, apesar desse estilo de vida, as crianças são educadas com afinco e possuem conhecimento tanto prático quanto acadêmico. Tudo estaria ótimo se a mãe deles não estivesse longe há meses: ela sofre de Transtorno Bipolar, e precisa se tratar em uma cliníca. Os filhos sentem a sua falta e o que eles mais querem é ver a mãe.

    A família embarca em uma jornada que possui relação com a figura materna. É difícil, doído, emocionante e todos eles aprendem muito sobre si mesmos. Afinal, eles foram ensinados a viver de uma maneira diferente, mas não sabem lidar, por exemplo, com pessoas da sua idade, relacionamentos e convivío social. O filme tem uma forte pegada política e questionadora, que critica duramente o capitalismo e o status quo, mas sempre com uma mensagem de que fica à cargo do telespectador tirar as suas próprias conclusões. Destaque para a cena final ao som de “Sweet Child O’Mine”, sendo o momento mais bonito do filme.

    O longa rendeu uma indicação ao Oscar, Bafta e Globo de Ouro para o protagonista Viggo Morten.

    1. Bruna Morgan Abr 09, 2018

      Eu AMOOO capitão fantástico! É um dos melhores que já assisti!

    2. Taís Abr 10, 2018

      Capitão Fantástico é muuuuuuuito bom! Não sei se foi a tpm na época que assisti, mas lembro que chorei horrores hahahaha
      Agora quero muito ver Tom of Finland!

    3. Váh Abr 11, 2018

      Não vi nenhum desses filme, mas antes desse seu post já tinha ouvido falar muito bem de Capitão Fantástico.
      A história parece ser bem diferente e intrigante, quero assistir!! :)
      Ah, eu fui no show do Neck Deep sim, logo faço post no blog contando como foi, mas de qualquer jeito foi muitoooo bom! ?

      https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    4. Camila Faria Abr 11, 2018

      Capitão Fantástico, qAPENAS maravilhoso. <3
      Vou procurar o Tom of Finland, fiquei super interessada! \o/

    5. lilian alipio Abr 14, 2018

      Dessa lista, tom of finland foi o que eu tive mais interesse em assistir, espero gostar.

    6. Luly Lage Abr 14, 2018

      Capitão Fantástico é aquele filme que se me pedir o mundo, eu dou! Maravilhoso demais, cheio de nuances, de momentos marcantes e aquela cena de “Sweet Child o’Mine” que cada vez que assisto aquece o coração loucamente. Viggo é um baita homão, em todos os sentidos…

    7. Thami Sgalbiero Abr 16, 2018

      Esse filme Tom of Finland parece ser bom mesmo, a história é boa e ainda baseada em fatos reais? “Todos queremos amar” nossa, já quero ver! E eu não sabia nem da existência. Agora o segundo filme indicado, Capitão Fantástico, também não fazia nem noção que existia, gostei! Principalmente por ter essa crítica ao captalismo, deu pra perceber pela pegada da família chegando na “cidade grande” no trailer. Fora que a fotografia parece ser fantástica fazendo jus ao nome do filme, haha! Adicionei na lista, quero muito ver! Por isso adoro visitar blogs, acabo descobrindo filmes, músicas, documentários maravilhosos que nunca veria se ficasse sempre vendo os mesmos canais, sabe? Enfim, adorei!

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA