• 80c13eb801803ddd50f19081bf729c15
    Looks, Moda

    O vintage que me inspira

    ver post
  • Captura de Tela 2018-11-03 às 12.04.50
    It Girl, Moda

    Estilo: brasileiras para acompanhar

    ver post
  • 257264ac0224c745bbb3d2f8fb6a7cc6
    Textos

    Uma pausa para resistir

    ver post
  • A-Star-Is-Born-2
    Filmes

    Filme: Nasce Uma Estrela

    ver post
  • Setembro 10, 2018
    postado por
    imagem.aspx

    Título: 13 Segundos

    Autor (a): Bel Rodrigues

    Editora: Galera Record

    Sinopse: Lola está no último ano do ensino médio e acabou de terminar um relacionamento. Ela sabe que foi a melhor decisão, mas ainda assim não é fácil encarar o vestibular e um coração partido ao mesmo tempo. Tudo que Lola quer agora é colocar a vida em ordem, descobrir a si mesma e reavaliar suas prioridades. Sua maior paixão é o canto, e por isso, incentivada pelos amigos, ela cria um canal no Youtube onde posta covers de suas músicas favoritas. Ela também quer se divertir, sair para beber com os amigos e conhecer pessoas. Em uma dessas noites que ela se envolve com John. O que era para ser só uma noite acaba ficando mais complicado quando ela descobre que ele faz intercâmbio no colégio dela… e do ex. Lola não quer se envolver, mas é difícil ignorar John, com todo aquele charme canadense. E quando tudo parece ter se alinhado, treze segundos são suficientes para mudar drasticamente a vida da garota. 13 segundos é um livro potente, que dialoga com os julgamentos que mulheres jovens enfrentam cotidianamente simplesmente por buscarem serem livres, por quererem ser elas mesmas.

    Quando eu soube que o livro da catarinense Bel Rodrigues havia sido o mais vendido no estande da Rocco na última Bienal, eu já fiquei ansiosa para ler a obra de estreia da autora, que é conhecida na internet por fazer review de livros no Youtube. A capa me chamou a atenção, assim como a sinopse, e não demorou muito para eu garantir a minha cópia de 13 Segundos. 

    Sabe aquele tipo de livro que você sente que estava faltando no mercado literário brasileiro? 13 Segundos trás uma fórmula que conhecemos bem, com uma protagonista adolescente se formando no ensino médio, uma vida relativamente normal, festas e melhores amigos. Porém, a autora subverte esses clichês e transforma a história em algo mais profundo, abordando temas como o sexo, assédio, machismo e revenge porn.

    “A pornografia de vingança é uma expressão que remete ao ato de expor publicamente, na Internet, fotos ou vídeos íntimos de terceiros, sem o consentimento dos mesmos, mesmo que estes tenham se deixado filmar ou fotografar no âmbito privado.”

    Quantos livros brasileiros, voltados para os jovens, que nós conhecemos que falam abertamente sobre sexo? Sobre o prazer feminino? Sobre se orgulhar do seu próprio corpo? Estas são características que encontramos em Lola, menina de 17 anos que vive com a mãe e a irmã mais nova – Nina -, em Curitiba. Ela terminou um namoro longo com Leo, seu primeiro amor, e que foi muito importante em sua vida; porém, por motivos de ciúmes, desconfiança e brigas, Lola decide passar o último ano da escola sozinha. Ela sabe que está melhor assim, por mais que seja dificil superar um relacionamento.

    Lola tem a companhia de suas melhores amigas: Ariel, Melissa e Anna. A amizade feminina é um tema abordado desde os primeiros capítulos; a união, os conselhos, os bons momentos – e os ruins também -, são enaltecidos pela autora e a personalidade dos amigos da protagonista são muito bem trabalhados. É interessante ver como a autora exclui a rivalidade feminina desta história, mesmo que Lola tenha um desafeto na escola – Becca -, e já vemos um estilo de young adult brasileiro bem diferente dos maiores sucessos dos anos anteriores.

    Os planos de Lola de ter um ano tranquilo, sem envolvimentos amorosos, começam a mudar quando ela se envolve durante as férias com John, um intercambista que nasceu no Brasil, mas mora no Canadá. Apesar de ter medo de encarar outra relação, já que a sua última acabou de maneira muito ruim, os interesses em comum, a química explosiva e a compatibilidade fazem com que Lola se envolva com John, aos poucos; mesmo que de início eles só queiram uma amizade colorida.

    Apesar do romance ocupar boas partes do livro e cativar o leitor do inicio ao fim, o foco da história nunca deixa de ser Lola, sua vida e suas paixões. Ela sempre gostou de música, e quando o coral da escola fecha por motivos econômicos, a personagem cria o seu canal no Youtube – após muito convencimento por parte dos amigos -. De inicio ela fica com medo de ter uma reação negativa e comentários de ódio na internet, mas supera o medo e começa a postar seus vídeos. É aí também que a autora aborda o machismo, perante as mensagens que a garota recebe na internet evidenciando o seu corpo, e não a sua voz.

    A trajetória de Lola é marcada por altos e baixos, conflitos e mágoas do seu relacionamento antigo. Apesar de acreditar guardar só sentimentos bons pelo ex namorado, ele ainda a persegue e não aceita o final do namoro. O romance de Lola com John afeta Leonardo, que torna Lola vítima do revenge porn, ao vazar um vídeo sexual dela de 13 segundos. Isso é o bastante para destruir boa parte da vida da protagonista, dos seus sonhos e da sua rotina, que irá demorar muito tempo para voltar ao normal.

    Os capítulos em que Bel Rodrigues aborda este tema – e suas consequências – são emocionantes e muito bem escritos. A autora consegue, com maestria, fazer com que a gente se sinta um pouco na pele da Lola, com todas as dificuldades que ela passou, principalmente quando narra os sentimentos de angústia, dor, depressão e ansiedade. Todo mundo que já passou por pelo menos um desses momentos, vai conseguir se identificar. Vale até mesmo fazer um paralelo do livro nacional com “Amor Amargo”, norte-americano e que também aborda relacionamentos abusivos e como é a jornada da vítima para se recuperar.

    Esse é um assunto que deve ser discutido, debatido e abordado na literatura brasileira. Assim como outras questões, como a liberdade sexual, tão bem exemplificada por Bel Rodrigues em uma personagem que acredita em si mesma, nos seus gostos e não tem medo de seguir os seus desejos – assim como todos os outros protagonistas masculinos, que já lemos milhares de vezes -. A autora chega no mercado para inovar e trazer discussões importantes à tona.

    13 Segundos é o livro do mês de Setembro do Infinistante, clube do livro criado por Melina Souza, Loma Sernaiotto e a Maki. Para saber mais e participar clique aqui.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA