• 80c13eb801803ddd50f19081bf729c15
    Looks, Moda

    O vintage que me inspira

    ver post
  • Captura de Tela 2018-11-03 às 12.04.50
    It Girl, Moda

    Estilo: brasileiras para acompanhar

    ver post
  • 257264ac0224c745bbb3d2f8fb6a7cc6
    Textos

    Uma pausa para resistir

    ver post
  • A-Star-Is-Born-2
    Filmes

    Filme: Nasce Uma Estrela

    ver post
  • Outubro 16, 2018
    postado por
    a-star-is-born

    Título: Nasce Uma Estrela (A Star is Born)

    Diretor (a): Bradley Cooper

    Elenco: Lady Gaga, Bradley Cooper, Sam Elliot, Rafi Gavron

    Sinopse: Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da fama. Um dia, após deixar uma apresentação, ele para em um bar para beber algo. É quando conhece Ally (Lady Gaga), uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante. Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo acolhê-la debaixo de suas asas. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool.

    A Star is Born estreou no Brasil em 11 de Outubro, e carregando boas críticas mundo afora – principalmente durante a sua estreia no festival de Veneza, e posteriormente nos Estados Unidos – o longa é inspirado no remake de mesmo nome, estrelado por Barbra Streisand e Kris Kristofferson em 1977. A nova versão começou a ser produzida em 2015, quando Bradley Cooper estava escrevendo o roteiro. Esse é o primeiro filme dirigido pelo ator, e também a estreia de Lady Gaga no cinema; os dois artistas se conheceram há um tempo atrás, e após cantarem juntos, a química imediata mostrou que Gaga era a pessoa perfeita para interpretar a protagonista Ally.

    Acompanhamos no longa, desde as primeiras cenas, a jornada de Ally, que tem 30 e poucos anos e uma voz poderosa. Apesar de todo o seu talento, ela não engatou na carreira de cantora, ao ser negada diversas vezes por gravadoras, principalmente pela sua aparência física (“diziam que o meu nariz era muito grande”, a personagem relata durante as cenas). Mesmo sem a fama, Ally se apresenta em um bar de drags à noite, quando sai do seu trabalho “fixo”. É lá que conhece, meio que por acaso, Jackson Maine (Bradley Cooper), vocalista de uma banda famosa que procurava um bar aleatório pela cidade após o seu show. Ele fica impressionado com a voz da protagonista, e encantado por ela.

    O primeiro ponto que vale destacar é como Gaga e Bradley estão confortáveis na pele dos personagens. Ambos são complexos, cheios de nuances e o filme explora, em suas quase duas horas e meia, a personalidade de Ally e Jackson. A garota é um pouco envergonhada e nunca cantou as suas próprias músicas, apesar de ser uma compositora talentosa. E Jackson tem toda a confiança de um músico famoso, mas carrega o vício em bebidas e drogas junto com ele. Os dois atores mergulham com tudo nos papéis. Destaque também para a capacidade de Bradley de representar tão bem um rockstar. O ator passou 9 dias na companhia de Eddie Vadder, vocalista do Pearl Jam, músico em que Jackson foi livremente inspirado.

    A-Star-Is-Born-2

    Apesar de o filme levar o gênero de “músical”, cada canção e performance colocada nele tem um sentido, e nada é solto. O contexto das letras da músicas – escritas por Lady Gaga – e que foram todas gravadas ao vivo (sim, acredite!), possuem coerência com as cenas; “Shallow”, por exemplo, um dos grandes destaques do filme, é o momento em que Ally canta na frente de uma multidão pela primeira vez, incentivada por Jackson. Ali, ela deixa de esconder o seu talento. As vozes de Gaga e Bradley se encaixam muito bem.

    Nada destoa no filme; sejam as cenas de backstage – que eram novidade apenas para Bradley, já que Gaga está na indústria há mais de 10 anos -, são genuínas e nos dão aquele gostinho de realmente saber o que há por trás da vida de um artista tão reconhecido. O longa é uma jornada do romance de Jackson Maine e Ally, que só cresce, e da ascensão da mesma pelo sucesso. É o namorado que a incentiva a percorrer seu sonho, quando a convida para fazer parte da sua turnê.

    a-star-is-born-3

    Enquanto a carreira de Ally toma os seus pontapés iniciais, a de Jackson percorre o caminho contrário. O vício no álcool e nas drogas, causado por diversos problemas que o personagem já enfrentou, é um dos temas mais bem explorados no filme. É nestas cenas que vemos também uma das melhores atuações de Bradley Cooper, que consegue convencer do início ao fim do longa o sofrimento do personagem e sua grande dificuldade em lidar com os próprios demônios. Em uma das cenas, quase no final do filme, em que os dois atores contracenam, o personagem de Bradley chora e pede desculpas à Ally por ter quase estragado sua carreira com o seu vício; é uma das cenas que merece destaque, e que nos faz acreditar que A Star is Born promete indicações às principais premiações.

    O filme é tocante, dramático, e mais do que isso, surpreendentemente belo. Ele fala sobre amor, paixão, dor, traumas, doenças mentais e como a caminhada ao sucesso pode ser cruel, mas também trás muita realização ao mesmo tempo. As performances são de tirar o fôlego, e as atuações, genuínas e surpreendentes. É a história de um romance intenso, mas que não deixa de explorar as nuances particulares de seus dois protagonistas. 

    Responder para Dai Castro // Cancelar resposta

    1. Thami Sgalbiero Out 16, 2018

      Não sabia que esse filme foi dirigido pelo Bradley Cooper 😮 pra mim ele só iria atuar no filme mesmo. Gostei! Eu sei que quando saiu a trilha sonora do filme no Spotify, fiquei ouvindo o dia inteirinho. Shallow é muito gostosa de ouvir. Outra que gostei muito foi Music To My Eyes, nossa… que música boa! Ouvia e colocava pra repetir, haha! Ainda não vi o filme mas desde quando foi anunciado to doida pra ver. Queria assistir logo, mas to na casa da minha tia, na Argentina :( Fico arrepiada toda vez que vejo o trailer, principalmente na parte que a Gaga solta a voz, nossa… Poderia ter disponível pra alugar e assistir online.

    2. Taís Out 18, 2018

      Ahh que coincidencia boa entrar aqui hoje e ver esse post, tava pensando nesse filme, hoje vieram me indicar pra ver e tals.. e tô aqui só comprando que eu preciso ir ver mesmo. Fiquei arrepiada vendo o trailer!

    3. Bruna Morgan Out 19, 2018

      To passada huahau pensei que fosse um filme sobre ela, mas na verdade é uma personagem

    4. Bruna Morgan Out 19, 2018

      Ps sou libriana hauhua asc em peixes

    5. Renata Out 20, 2018

      Ainda não assisti ao filme, mas tô muito curiosa! Até então os comentários que tenho visto foram positivos, tanto para a atuação, mas também pela direção. Ouvi a música Shallow e fiquei arrepiadíssima, imagino que o filme todo seja com as emoções à flor da pela né?

      Um beijo!
      Rê | https://rivieredusouvenir.blogspot.com/

    6. Camila Faria Out 24, 2018

      Que resenha maravilhosa Ana! Eu não estava muito empolgada para ver o filme, confesso, especialmente porque não sou muito fã do trabalho do Bradley Cooper. Mas depois de ler os aspectos tão positivos que você destacou no post, me deu até uma pontinha de vontade, viu? De repente dou uma chance… :)

      Beijo, beijo :*

    7. Stephanie Ferreira Out 25, 2018

      AAH SOCORRO! Eu to doida pra ver este filme! E eu não tinha ideia que o filme foi dirigido pelo Bradley (alias faz tempo que não sabia nada dele, deu uma sumida um tempo né) e to doida pra ver a voz dele em ação ?

    8. Dai Castro Out 27, 2018

      Acho que esse vai ser o tipo de filme que vai me ganhar direitinho haha Estou curiosa para ver a Lady gaga atuando. Parece ser um filme de bastante sensibilidade, sem contar que a trilha sonora é maravilhosa!
      Um beijo
      Colorindo Nuvens

    9. Claudia Hi Out 30, 2018

      Esse filme tá na minha “listinha pra assistir, mas que eu tenho medo de ver, porque sei que vou chorar horrores.” É uma mistura de sentimentos haha Mas seu post me deu mais vontade de assistir Ana ?

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA