• photo-1483247416020-58799b6de4c1
    Autores, Comportamento, Textos

    Por que não podemos mudar?

    ver post
  • 5008ac8e1015fe395f5550618f0a139f
    Comportamento, Reflexão, Textos

    Minha jornada com a saúde mental

    ver post
  • 50581419_2082042728529657_3345152277970157568_n
    Ilustração

    Conheça a ilustradora por trás do “Deborices”

    ver post
  • fdae001884606f27f54ac412ef3da9fd
    Beleza, Moda, Tendência

    Tendência: O hype das unhas coloridas

    ver post
  • Maio 4, 2019
    postado por
    50581419_2082042728529657_3345152277970157568_n

    Você já seguiu uma página de ilustras no Instagram, no Facebook (ou pela internet toda) e já se perguntou quem era a mente criativa por trás dos desenhos, dos poemas e das frases que mexem tanto conosco? Foi com essa pergunta que eu procurei a Debora Kais, autora do perfil Deborices, que possui mais de 50 mil seguidores no Insta. No Facebook ela está quase batendo os 100 mil likes!

    Deborices surgiu em 2016, e desde então o traço da artista mudou bastante. Por meio de sua arte, ela consegue nos fazer refletir, se identificar e se emocionar. Os temas são diversos (muitos desenhos seus possuem um tom super político), e ela consegue representar, com suas personagens, mulheres muito diferentes, o que promove ainda mais representatividade. As tirinhas e os posts de Debora, que tem 17 anos e mora em Fazenda Rio Grande – município do Paraná -, conseguem falar comigo de um jeito especial. Em momentos difíceis, eles sempre estão lá, na distância de um clique, e é incrível como a arte pode nos trazer esse conforto e o sentimento de pertencimento, que você não é a única que está sentindo tudo aquilo.

     56965604_2194476503952945_6463519794401378304_n

    Confira o meu papo com a Debora e conheça mais sobre ela!

    1. Você começou a sua página no Facebook, “Deborices”, em 2016, juntamente com a página do Instagram. Desde então foram três anos compartilhando a sua arte na internet. O seu traço se diferenciou muito desde então, como ocorreu esse processo? Quais foram suas inspirações?

    Meus traços mudaram por pura prática, eu desenho desde muito bebê  (uns 2 aninhos de idade). Ao longo do tempo, meus traços sempre foram mudando bastante. Porém, depois que eu comecei a página, eu passei a desenhar com muito mais frequência, porque os posts são diários, então, automaticamente, essa prática diária me fez evoluir muito. É muito perceptível a mudança se pegar as artes do início e comparar com as de agora. Eu tenho muitos artistas que me inspiram, mas eu tento sempre ser muito original! A minha sorte é ser muito criativa desde criança.

    53752156_2151296038270992_7531649363160858624_n 52602521_2135225133211416_6451800074191110144_n

    2. Uma das suas características são as tirinhas e as artes em que você fala sobre amor próprio, dificuldades, tristeza, e sentimentos que conversam muito com inseguranças que enfrentamos no mundo feminino. Você se inspira na sua própria vida ou também no que acontece com os seus amigos (as)?

    Às vezes me inspiro no que eu passo, às vezes no que eu vejo pessoas ao meu redor passarem, e também no que eu imagino que alguém possa estar passando e, de que forma posso confortar um pouco, tornar mais leve.

    3. A representação também é um fator super presente nos seus desenhos. Você desenha personagens de etnias, cabelos e características físicas diferentes, o que é super importante. De onde surgiu essa vontade? Você sente que consegue dar visibilidade maior para mais pessoas?

    Eu gosto de abraçar as diferenças, de fazer as pessoas serem incluídas, eu tenho isso dentro de mim desde que me entendo por gente. Tenho desenhos guardados de quando eu tinha 7 anos de idade, onde eu escrevia que não devemos ter preconceito com a cor de ninguém. Eu sempre fui uma criança inclusiva e eu me orgulho muito disso. As crianças são puras, o racismo e outros preconceitos são ensinados! Trago isso comigo e expresso na minha arte. As pessoas são diferentes, a gente vive um mundo tão artificial na Internet, eu não preciso ser mais uma colaboradora disso. Ajudar no processo de aceitação, ajudar as pessoas se amarem e, amar o que as torna diferente é revolucionário. Eu vejo que as pessoas se sentem representadas, ou que gostam muito dessa diversidade que eu abordo. Fico muito feliz com isso.

    52598636_2134005693333360_8960965052786016256_n 52303833_2112220452178551_7755700262051774464_n

    4. Você também realiza alguns projetos e séries específicas. A última que está rolando no seu Insta é a “Você não é (…)”, que faz com que a gente se identifique de cara. Como é essa sensação de, por meio da sua arte, conseguir confortar quem te acompanha, e de ajudar de alguma maneira?

    O projeto “você não é…” surgiu do nada na minha mente, acho que foi um sinal de que eu deveria fazer isso e, comecei desenhar desesperadamente as 50 artes que estão ilustrando esse projeto lindo que tem o intuito de mostrar pras pessoas que elas não são tudo aquilo de ruim que elas alimentam dentro de suas inseguranças. Eu sinto que estou cumprindo muito bem o papel que eu quero cumprir com a minha arte. Eu recebo mensagens lindas de pessoas que se sentem bem através da minha arte. Eu sei que não estou curando ninguém, mas, aliviar o fardo, 1% que seja, no dia-a-dia das pessoas, é uma grande coisa pra mim.

    59192792_2233512620049333_2275104284758507520_n 57379416_2213131808754081_2686568443842396160_n

    5. Você pretende seguir carreira no mundo artístico? Quais são os seus planos futuros?

    Eu pretendo sim! Estou com um projeto maravilhoso chamado “PankParks” que é uma loja virtual, com produtos que levam minhas artes e também as artes da minha amiga Caroline Batista. São canecas, pôsteres, e, mais pra frente teremos outros produtos também. Quem quiser conhecer, @pankparks no instagram e facebook. Meus planos futuros são continuar sempre com a minha arte, estudar, fazer esse projeto dar certo, ser muito feliz com muito amor.

    Como a Debora falou, ela está abrindo a sua loja virtual! Você pode conferir aqui os produtos!

    Responder para Váh // Cancelar resposta

    1. Váh Mai 07, 2019

      Aaaaaaaaaah eu adoro a Debora e o trabalho dela.
      Acompanho ela já faz acho que uns dois anos e não tem como não se identificar com uma ou outra ilustração que ela faz.
      Muito legal ler uma entrevista dela por aqui! Adorei ?

      https://www.heyimwiththeband.com.br/

    2. Camila Faria Mai 08, 2019

      Não conhecia a Debora, nem o Deborices (que absurdo!). Mas agora estou encantada com o trabalho dela, bonito demais. <3

    3. Taís Mai 09, 2019

      Eu também não conhecia essa artista e esses trabalhos tão lindos!! Obrigada por mostrar aqui, amei conhecer ?

    4. Ana Larissa Mai 11, 2019

      Pura realidade, adorei seu artigo mais uma vez você acerta em cheio o tema.
      Whatsapp da Larissa

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA