• A-Star-Is-Born-2
    Filmes

    Filme: Nasce Uma Estrela

    ver post
  • Dot1-5IXsAAJulw
    Música

    Playlist: Outubro

    ver post
  • DoVfpN9W0AE3KCZ-2
    Comportamento, feminismo

    #EleNão em Florianópolis, capital de Santa Catarina

    ver post
  • 1018-allure-cover-shoot-rihanna-braids-blue-eyeshadow.png
    Make, Moda

    A revolução de Rihanna com a Fenty

    ver post
  • Maio 14, 2014
    postado por

    Uma notinha instigante na Zero Hora de 30/09: foi realizado em Madri o Primeiro Congresso Internacional da Felicidade, e a conclusão dos congressistas foi que a felicidade só é alcançada depois dos 35 anos. Quem participou desse encontro? Psicólogos, sociólogos, artistas de circo? Não sei. Mas gostei do resultado.

    A maioria das pessoas, quando são questionadas sobre o assunto, dizem: “Não existe felicidade, existem apenas momentos felizes”. É o que eu pensava quando habitava a caverna dos 17 anos, para onde não voltaria nem puxada pelos cabelos. Era angústia, solidão, impasses e incertezas pra tudo quanto era lado, minimizados por um garden party de vez em quando, um campeonato de tênis, um feriadão em Garopaba. Os tais momentos felizes.

    Adolescente é buzinado dia e noite: tem que estudar para o vestibular, aprender inglês, usar camisinha, dizer não às drogas, não beber quando dirigir, dar satisfação aos pais, ler livros que não quer e administrar dezenas de paixões fulminantes e rompimentos. Não tem grana para ter o próprio canto, costuma deprimir-se de segunda a sexta e só se diverte aos sábados, em locais onde sempre tem fila. É o apocalipse. Felicidade, onde está você? Aqui, na casa dos 30 e sua vizinhança.

    Está certo que surgem umas ruguinhas, umas mechas brancas e a barriga salienta-se, mas é um preço justo para o que se ganha em troca. Pense bem: depois dos 30, você paga do próprio bolso o que come e o que veste. Vira-se no inglês, no francês, no italiano e no iídiche, e ai de quem rir do seu sotaque. Não tenta mais o suicídio quando um amor não dá certo, enjoou do cheiro da maconha, apaixonou-se por literatura, trocou sua mochila por uma Samsonitee não precisa da autorização de ninguém para assistir ao canal da Playboy. Talvez não tenha se tornado o bam-bam-bam que sonhou um dia, mas reconhece o rosto que vê no espelho, sabe de quem se trata e simpatiza com o cara.

    Depois que cumprimos as missões impostas no berço — ter uma profissão, casar e procriar — passamos a ser livres, a escrever nossa própria história, a valorizar nossas qualidades e ter um certo carinho por nossos defeitos. Somos os titulares de nossas decisões. A juventude faz bem para a pele, mas nunca salvou ninguém de ser careta. A maturidade, sim, permite uma certa loucura. Depois dos 35, conforme descobriram os participantes daquele congresso curioso, estamos mais aptos a dizer que infelicidade não existe, o que existe são momentos infelizes. Sai bem mais em conta.

    Sobre a autora: Martha Medeiros (Porto Alegre, 20 de agosto de 1961) é uma jornalista e escritora brasileira. Filha de José Bernardo Barreto de Medeiros e Isabel Mattos de Medeiros, é colunista do jornal Zero Hora de Porto Alegre, e de O Globo, do Rio de Janeiro

    Janeiro 29, 2014
    postado por

    Siobhan Vivian é uma autora norte-americana que nasceu na cidade de Nova York em 1979. Porém, ela cresceu em Nova Jersey e viveu lá durante a sua adolescência. Ela estudou na universidade de Artes, sendo graduada em escrita para filmes e televisão. Aliás, a autora já escreveu diversos roteiros para a Disney, trabalhou como editora no New York Times e nos dias de hoje é professora na Universidade de Pittsburgh.

    O seu gênero principal de livros é o teen e o Young Adult, do qual ela vem apostando nos últimos lançamentos. Sua lista de livros lançados no Brasil não é tão grande, mas todos eles são um absoluto sucesso. O primeiro que eu li da Siobhan foi o apaixonante “Não Sou Este Tipo de Garota” em 2011, e comecei a admirá-la muito depois que terminei a leitura. Sua escrita é super cativante, e ela consegue envolver completamente o leitor, com histórias que podem até parecer já caídas no clichê, mas os personagens da autora são ótimos.

    A editora que lança os seus livros aqui no país é a Novo Conceito que sempre capricha nas capas do livro (querendo ou não, quando ele é voltado para jovens, uma linda capa sempre chama mais a nossa atenção né?). Em seguida veio “Conselho de Amiga”, que eu ainda não li – mas tô na vontade! – e o grande sucesso Olho por Olho, e a continuação Dente por Dente, que são dois livros de tirar o fôlego, em parceria com a autora Jenny Han, que é uma das suas melhores amigas.

    Esses são os quatro dela já lançados por aqui. Burn for Burn é uma trilogia, e o terceiro será lançado em breve e eu estou super ansiosa. O número de páginas do segundo volume me surpreendeu positivamente, por ele ter em torno de 500 páginas. Sem falar que a história evoluiu muito. Um dos próximos lançamentos é “The List” que vai chegar nas livrarias em breve também pela Novo Conceito. Ele recebeu reviews super positivas nos EUA, e a autora foi muito elogiada. A história fala sobre uma lista que é publicada todos os anos em um colégio, mas o autor há anos é anônimo e ela é praticamente uma tradição. Ela possui 8 nomes: 4 meninas que recebem o título de as mais bonitas, e as outras 4, de feias. A personagem principal é a Ruby. O enredo fala como as garotas lidam com a repercussão da lista.

    Ela mantém contato com os fãs pelo Twitter e também sempre responde os leitores! Siobhan é uma das autoras americanas que andou ganhando reconhecimento que eu mais gosto. Quem gosta de Sarah Dessen, Elizabeth Eulberg e Stephanie Perkins vai amar os livros dela!

    Agosto 18, 2013
    postado por

    Como não amar o autor Rick Riordan? O norte-americano do Texas, que já tem 49 anos, é um dos autores mais famosos que escreve livros do gênero infanto juvenis. Rick é conhecido por falar de Mitologia Grega, ele é inclusive considerado o mestre desse assunto quando se trata de literatura, já que a maioria dos seus livros aborda este assunto. Ele já havia escrito uma série de livros para adultos, mas o sucesso chegou definitivamente com Percy Jackson E Os Olimpianos, que foi lançado em 28 de Julho de 2005 e vendeu mais de 1,2 milhões de cópias.

    A história trazia como protagonista o semideus Percy Jackson e mostrou aos leitores o mundo do Acampamento Meio-Sangue. O livro foi um sucesso e acabou se tornando uma série com cinco volumes. Eu já li todos e é uma das minhas favoritas. Quem só viu o filme, eu indico muito ler (pois na minha opinião a versão para o cinema não faz jus aos livros de Rick).

    Ele também lançou As Crônicas de Kane, com três volumes até agora, que aborda a mitologia egípcia. Os protagonistas são Sadie Kane e Carter Kane, que narram a história. O primeiro livro, A pirâmide vermelha, foi lançado em 2010.

    Depois da história de Percy, essa é a minha série favorita!

    Os Heróis do Olimpo também é uma das coleções de maior sucesso do autor. O Herói Perdido foi lançado em 2010 e trazia novos personagens como protagonistas, e o segundo, “O Filho de Netuno”, sobre a busca por Percy que até então estava desaparecido; ele acorda sem memória em outro acampamento, o romano! Essa foi a primeira vez que essa parte do enredo foi apresentada aos leitores. A continuação veio por meio de “A Marca de Atena”, super aguardada pelos leitores. O quarto livro, “A Casa de Hades” tem lançamento confirmado para Outubro deste ano, junto com os EUA!

    Pensa que acabou? Ainda não!

    Ele também é o grande criador da série 39 Clues, que eu já li todos os livros (inclusive rolaram algumas resenhas aqui no blog!). A primeira parte é composta por 10 volumes, narrados por Amy e Dan, a dupla de irmãos que percorre o mundo competindo contra os outros clãs da sua família pelas 39 pistas, que levam o vencedor até um prêmio que pode mudar toda a humanidade. É cheio de ação e sequencias eletrizantes, e o autor foi quem desenvolveu toda a história. Rick escreveu o primeiro e último livro (cada volume tinha um autor diferente).

    Quais livros do Rick Riordan vocês já leram? Também gostam?

    Agosto 11, 2013
    postado por

    J.K Rowling dispensa descrições! Todo mundo sabe quem é essa autora britânica de 48 anos (nem parece!). Ela nasceu em 31 de Julho de 1965 na cidade de Yate. Ela já tem três filhos e sua carreira começou há mais de dez anos atrás, quando alcançou o sucesso mundial com sua série de livros mais famosa, Harry Potter, considerado um clássico da literatura infanto-juvenil. Seus livros já foram traduzidos para mais de 64 línguas e venderam mais de 450 milhões de cópias em todo mundo.

    Só para quem pode né? É muito difícil um autor ultrapassar essa marca e também ser o número um em várias listas de livros mais vendidos. É quase impossível conhecer alguém que nunca tenha ouvido falar de HP. Sua fortuna é maior que 1 bilhão de dólares e ela é a primeira autora a se tornar milionária no mundo.

    Mas sem citar tanto os números, J.K se tornou popular pelo seu estilo de escrita único e por ter escrito a jornada de Harry, que foi divida em sete volumes e no cinema, apareceu em oito filmes, que também lucraram muito. Seu primeiro livro após esse sucesso mundial foi “Morte Súbita”, totalmente voltado para o público mais adulto, uma história mais pesada, cheia de críticas sociais e capítulos ácidos, com cenas de violência. Ele foi lançado em Setembro de 2012. Antes mesmo do seu lançamento ele há havia vendido um milhão de cópias em pré-venda. Já foi anunciado que ele será adaptado para uma série de televisão, que tem estréia prevista para 2014 no canal BBC One.

    Agora, uma polêmica que colocou seu nome no topo da mídia novamente nas últimas semanas foi o fato dela ser a autora do misterioso livro The Cuckoo’s Calling, que é do gênero romance policial. Ele foi lançado em Abril de 2013 sob o pseudônimo de Robert Galbraith e muitas poucas pessoas sabiam que ele na verdade era escrito por J.K Rowling. Ela deixou em segredo, pois tinha interesse em saber como seriam as críticas e os comentários dos jornalistas sobre a obra. Segundo ela, ser Robert foi uma experiência libertadora. Logo depois do anúncio, o livro pulou da posição 4.709 para o terceiro lugar na lista de best sellers do Amazon.

    Capa oficial do livro

    No enredo, um veterano de guerra se torna um detetive particular. Ele é chamado para investigar a morte de uma modelo. O sucesso foi tanto que muitos estúdios já levantaram interesse em comprar os direitos para transformá-lo em um filme, inclusive a Warner, que produziu todos os longas de Harry Potter. Um segundo volume também pode estar a caminho para ser lançado no meio de 2014. Ele vai ser lançado no Brasil pela editora Rocco, responsável por lançar todos os livros de Rowling no país.

    E vocês, gostam dos outros trabalhos da autora além de Harry Potter? Já leram os outros livros?

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA