Intercâmbio: Países mais procurados
08/11/2011 | Categoria: Intercâmbio

Você já viu o nosso primeiro post sobre intercâmbio? Confira sobre ele aqui, e se informe mais sobre o que é intercâmbio, quais empresas podem te ajudar, o que é basicamente um intercâmbio e muito mais. Para continuar a série de posts sobre o assunto, vamos citar os países mais procurados pelo intercâmbio, ou seja, os de maiores procuras feitas em agências, seja por adolescentes ou adultos. Vale citar que existem muitos outros países legais para fazer intercâmbio e que muitas vezes são disponibilizados para as agências. Os que iremos citar abaixo são só os mais conhecidos.

Austrália

A semelhança com o clima brasileiro é um dos maiores fatores que levam os jovens a fazer intercâmbio na Austrália. Pelo clima ser parecido com o do Brasil – muito calor -, o fator de estar acostumado ao clima conta mais pontos. Os brasileiros são muito bem recebidos no destino, e o direito de trabalhar no pais é legal, você não corre o risco de ficar “irregular” no destino. Os estudantes também podem, além de estudar, conseguir uma grana extra trabalhando no país, que oferece muitas opções de trabalhos para jovens.

Canadá

O país costuma ser uma opção para quem está interessado a aprender inglês mas não quer fazer intercâmbio para os Estados Unidos. O país tem um custo de vida muito mais barato que os da EUA. Os estudantes também tem a possibilidade de cursas as várias faculdades que existem no Canadá, que são todas de boa qualidade e mais acessíveis. O clima é frio e não é tão parecido com o do Brasil, nevando várias vezes por ano. Os jovens que passam mais de três meses estudando no Canadá ganham o direito de se legalizar.

Espanha

A terra de Pablo Picasso é a melhor opção para quem quer aprender espanhol e ter uma grande vivência cultural, com museus e lugares históricos para visitar. O país também recebe muitos alunos interessados em fazer cursos universitários e especialização, principalmente em Barcelona, Madri, Navarra e Salamanca. O fato da Espanha ser um país europeu também ajuda a contar mais pontos, já que todos os países da Europa são super próximos um do outro, possibilitando a visita de vários países enquanto você está lá, como Paris, Portugal, etc.

Argentina

A Argentina é um dos países favoritos para aprender o espanhol por baixo custo. Entre as facilidades de viver com os “hermanos” estão a valorização da moeda brasileira, o real, em relação ao peso argentino. A distância próxima e a dispensa da necessidade de passaporte também são vantagens. Um dos problemas enfrentados pelos estudantes é o excesso de burocracia para registrar diplomas e eventuais cursos realizados na Argentina.

Estados Unidos

Brasileiros procuram principalmente cursos nos Estados Unidos, acima dos outros países. Somos o país da América Latina que mais envia intercambistas – cerca de 8.000 estudantes estão em escolas e universidades norte-americanas. A procura dos alunos não é apenas para cursos de idiomas, mas também cursos universitários e de especialização. As áreas de negócios, saúde e engenharia são as mais procuradas por profissionais que buscam cursos de pós-graduação e a prática do high school para os adolescentes (varia de seis meses à um ano).


Intercâmbio
29/10/2011 | Categoria: Intercâmbio

Intercâmbio é um dos maiores assuntos que passam freqüentemente pela cabeça dos jovens. Além de ser uma experiência incrível, que traz além de responsabilidade e de uma maior noção da vida adulta, conhecendo culturas de um outro país, comidas, lugares, pontos turísticos e um mundo totalmente diferente do nosso – além de muitas pessoas novas -, o intercâmbio é cada vez mais uma prática realizada por muita gente, em torno dos 14 aos 19 anos na adolescência. Por ser um tema que envolve muitas coisas (qual país escolher, família, tempo de viagem, dinheiro, hospedagem), dentre outros, vamos postar mais sobre o assunto. Hoje, você confere o básico sobre o assunto!

O que é, basicamente, o intercâmbio?

É uma viagem ao exterior com o intuito de conhecer uma cultura, pessoas, comida e estilos diferentes do qual você já está acostumado. É viajar para um outro país em busca de novas experiências, conhecendo novos lugares, além de aprender muito mais sobre o mundo. O intercâmbio pode ser feito com vários intuitos: seja ganhar experiência, fazer cursos ou aprender mais a língua local, ou fazer o high school no exterior por um tempo determinado (normalmente varia de seis meses à um ano).

Quais empresas realizam um intercâmbio?

O intercâmbio é sempre gerenciado por uma agência, aquela do qual cuidará alguns detalhes sobre a sua estadia, como, por exemplo: o local, cidade, estado e até mesmo família que você ficará. Além disso, toda agência de intercâmbio possui profissionais especializados em te auxiliar durante a viagem para quaisquer dúvidas, além do pagamento, é claro. No Brasil, as mais conhecidas são a STB, Intercâmbio EF, World Study, CI, dentre outras.

Como escolher a sua opção?

O intercâmbio não se baseia somente em estudar no high school do exterior. Esta é apenas uma das vastas opções. Existem vários tipos de intercâmbio, como universitário, escolar, viagens de algumas semanas à três meses, dentre outros. Existem as opções teen de viagens de algumas semanas pelos Estados Unidos, conhecendo cidades como Nova York, Los Angeles, Miami e os parques temáticos da Disney, porém, as opções variam. E as viagens da Europa, onde se percorrem com vários guias vários países e cidades diferentes. Existem também as opções de cursos de algumas semanas para aprender a língua do país, promovido também por várias escolas de inglês e espanhol brasileiras.

Qual é o pagamento?

Os pagamentos variam muito da agência que você escolher e o tipo de intercâmbio também. Por exemplo: um intercâmbio de high school já é mais caro do que um curso de férias por duas semanas. Você também pode simular no site da agência STB quanto custaria o seu intercâmbio de acordo com a sua preferência, como estudar no exterior: veja aqui. Já os cursos de algumas semanas são mais em conta, e também são realizadas várias promoções em escolas de línguas estrangeiras no Brasil que levam os alunos para esses cursos. Uma viagem pela Europa custa mais caro, mas vale a pena pela quantidade de países que se visita, já que todos são muito próximos.

Em breve, mais posts sobre o assunto no site! Fique ligado (a)!