As pessoas mudam e crescem.
09/07/2011 | Categoria: Uncategorized

As vezes o tempo passa rápido demais. As pessoas mudam, as coisas ficam diferentes. Sua personalidade não é mais a mesma de antes. Os amigos que você tinha nos anos anteriores parecem não ser mais tão como antes: todos estão em fases de mudanças. Parece que cada um está descobrindo um ponto na sua personalidade que nem sabiam que existiam. As pessoas estão diferentes. Elas crescem, mudam. E mudanças são necessárias, por que as coisas nunca serão as mesmas para sempre.

Eu confesso que não sou a maior fã de mudanças, a pesar de saber que elas são totalmente necessárias. Não podemos continuar as mesmas pessoas sempre. Nossa personalidade, às vezes, se torna até mesmo distinta daquela que tínhamos no passado. Quando olhamos para trás e vemos a pessoa que éramos, podemos até mesmo ficar em choque com tamanha mudança. Eu sei que evolui muito e me tornei uma pessoa muito diferente do que eu era antes. Uma mudança necessária quando estamos crescendo, para abrir os outros para algumas coisas.

Estou mais forte agora, mais segura de mim mesma. Mesmo que, no fundo, eu odeie mudanças, sei que todas as que eu vivi até agora foram totalmente necessárias para me tornar quem eu sou hoje. Mesmo que elas tenham sido difíceis, mesmo que não tenham sido fáceis, elas só me auxiliaram em me tornar quem eu sou hoje.

Mesmo que agora eu olhe para trás e tenha percebido que tudo isso foi necessário, naquele momento, eu só queria com todas as forças voltar as pessoas que eu conhecia e aos meus amigos. Não queria mudar de jeito nenhum, não queria nunca que as coisas se tornassem diferentes. A alguns anos atrás, cheguei a desejar que o tempo parasse e as coisas continuassem exatamente como estavam.

Hoje, gosto de mudanças. Sei que os resultados delas são sempre positivos. Mas encará-las, o processo é que ainda é um pouco difícil.


Ausência
08/07/2011 | Categoria: Uncategorized

Gente, olá! Algumas vão lembrar de mim, outras não. Vim me desculpar pela minha ausência no site. É, realmente, fiquei muito ausente e espero que algumas leitoras não tenham se esquecido de mim… Porque quero lhes dizer, que o tempo que fiquei sem postar aqui, só me mostrou uma coisa (que talvez eu já sentisse, mas pela falta de postar aqui, deixou-me convicta disso): Que eu amo muito este site, que eu amo escrever e compartilhá-los com vocês, que eu amo vocês, queridas leitoras! Então, mais uma vez, desculpem-me pela ausência, foi uns problemas em off (nada grave). Obrigada e já estou voltando à postar!


O valor de uma amizade
24/06/2011 | Categoria: Uncategorized

 

Ela era perfeita. Super inteligente. Popular. Tinha vários amigos. E fazia questão de dizer SEMPRE que amava TODO MUNDO. Sempre achei aquilo hipocrisia.

Depois de uma ou duas conversas, ficamos “amigos”. Sim. Com aspas porque eu achava que ela não era amiga de ninguém.

Sempre cheia de sorrisos e simpatia. A aparência de “senhora perfeitinha” escondia uma menina chata e superficial.

Meus amigos nunca gostaram dela. A gente era a galera “sexo, drogas e rock ‘n’ roll”, underground e os calados que andavam por aí de preto.

Eu nunca fui muito de conversar. Sempre gostei de ficar sozinho. E depois que ela achou que era minha amiga, passou a se aproximar de mim para conversar quando eu estava sozinho. Pensando.

Perguntava se eu tinha algum problema. E eu dizia que não. Por dentro queria expulsa-la dali falando que era só o meu jeito. Mas ela insistia.

Até que um dia eu não pude mais ser o “garoto calado que senta no fundo”. Eu precisava conversar. Eu tinha um problema.

Minha namorada ficou grávida. E calada. Ainda calada abortou. E estava muito mal no hospital.

A solução para tudo sempre foi sentar naquele mesmo lugar. E pensar. Todos estavam contra mim mesmo então ficar sozinho não seria problema.

Ninguém me olhava nos olhos. Mas a culpa não era minha. Eu só não podia dizer isso a ninguém.

Até que, depois de pouco tempo, como sempre, ela estava ali, de novo para me escutar.

Foi assim que eu descobri que nem sempre as aparências enganam. Ela era realmente minha amiga. E ia sempre estar lá. Pra quando eu quisesse falar.

Evelyne Joyce.;)


O amor é possível.
23/06/2011 | Categoria: Uncategorized

Nunca entendi, nem nunca vou entender porque aqueles casais ficam separados, chorando e lamentando, e só se separaram porque “não vai dar certo”. Até que depois de muito sofrerem, acabam por esquecer de tudo, ou não, e vinte cinco anos depois procuram a pessoa amada no “Programa do Gugu”.

Se há saudade, se a amor, é por que vale a pena. Se os dois querem, estar separados por puro medo de sofrer não vai dar em nada.

Distância? Existe internet. Os pais não deixam? Existe conversa. A escola atrapalha? Dormir uns minutos depois não faz mau a ninguém, e 15 minutos de celular é super barato.

E se você está pensando que nada é tão simples assim, bom, pode não ser. Mas eu garanto que não é tão difícil quanto vocês imaginam. A poesia não diz sempre que pelo amor tudo vale a pena etecetera e tal. Pois é, não é só poesia. É realidade. É só querer.

Evelyne Joyce


Filme: “Love And Other Disasters”
16/06/2011 | Categoria: Uncategorized

Traduzindo… “Amor e outros desastres“, é um filme que conta a história de Emily “Jacks” Jackson (Brittany Murphy) , uma jovem americana alegre e cheia de energia. Ela mora em Londres e trabalha na revista de moda Vogue. Hiperativa, não pára de falar e tem como especialidade arranjar “pares perfeitos” para seus amigos próximos: Tallulah Wentworth (Catherine Tate), caçadora neurótica de homens, e Peter Simon (Matthew Rhys), gay aspirante a escritor, com quem ela divide apartamento. Jacks se gaba de ter o melhor radar para gays da cidade e faz de Peter o principal objeto de suas tramas casamenteiras. Quando o atraente Paolo Sarmiento (Santiago Cabrera) começa a trabalhar no estúdio da revista como modelo, Jacks decide armar para juntar os dois. Só que Paolo não é gay e está interessado em Jacks.

Eu gostei de: Tudo! O filme é muito divertido e tem a Brittany que é uma atriz fofa, que morreu super jovem. Vale a pena pela diversão, com certeza!

Eu não curti: A atuação do ator Santiago Cabrera que faz o Paolo, mesmo ele sendo lindo e tal… Não gostei!

Em uma frase: “Esse é o problema da vida… Não se parece nada com os filmes.”

Trailer:

Love And Other Disasters – Trailer Legendado

Ps.: Pessoal, quero pedir desculpas pelo meu sumiço… Estou trabalhando e é uma correria só, mas prometo que esse sumiço não irá se repetir. Senti saudades! Mas estou de volta :)


Às jovens mães
15/06/2011 | Categoria: Uncategorized

http://data.whicdn.com/images/10745431/tumblr_lm674d7NBv1qg1ukzo1_500_large.jpg?1307927911 

Os meus problemas agora são os dias que passam e as provas se aproximam. E elas, ao verem os dias se aproximarem, ficam mais perto da sensação do que é ser mãe.

Minhas roupas não servem porque ando faltando muito a academia. E elas sentem seu corpo mudar drasticamente a cada semana que passa.

Nos meus sábados de folga saio para comprar roupas novas no shopping. E elas também fazem isso. Mas além delas mesmas, as roupas vão vestir outra pessoa que ela ainda não conhece.

O maior medo que eu tive na vida foi a expectativa de passar ou repetir um ano na escola, o que, indiscutivelmente, mudaria muito minha vida . E elas esperaram apenas alguns instantes para saber se sua vida mudaria para sempre, e ao ver duas cores naquele exame de que tanto ouviram falar, descobriram que iam ser mães.

Texto dedicado a todas as mães adolescentes que precisam mudar sua vida completamente para cuidar de um filho. Todas nós, adolescentes chamadas de “normais” pela sociedade, somos fãs de vocês que precisam enfrentar tudo isso.

Evelyne. :*


A verdadeira beleza
05/06/2011 | Categoria: Uncategorized

A beleza vai muito além do que se pode ver. A verdadeira beleza se encontra dentro do mais intimo da alma humana, e nem todos são possuidores desta. O mundo, atualmente, vem nos sobrecarregando de estereótipos que tem como único objetivo nos deixar mal. Você definitivamente não precisa ser uma modelo pra ser linda, não precisa ter uma Ferrari para ser um garoto bacana… Pelo menos não pra mim. Porque eu realmente acredito no amor. E o amor, não adianta negar, é puro e só vê a alma de cada um. Por isso eu procuro pela minha alma gêmea e não pelo meu senhor universo gêmeo. Para mim, mas valem palavras sinceras do que rosto de revista. Eu to cansada de pessoas supervalorizando a beleza física, eu gosto de gente que sabe dar valor aos valores de alguém. Eu quero viver cercado de pessoas sábias, engraçadas, meigas e que saibam conquistar apenas com um olhar. Eu quero amigos com almas reluzentes. Eu quero pessoas belas que reluzam… Em um mundo que esta ficando cada vez mais feio.


Meninas que querem flores
28/05/2011 | Categoria: Uncategorized

http://data.whicdn.com/images/10213779/tumblr_llw3nrWJNi1qcbvd8o1_500_large.jpg?1306593636

Quem nunca assistiu aquele filme em que o garoto chega na porta da menina com flores, se desculpa por tudo, eles choram, e no fim acabam comendo pipoca no sofá da sala? Own!

Toda menina quer ganhar flores. É um símbolo de sensibilidade do garoto, e depois da caixa de bombons, é só ganhar que depois disso ela até se deita numa BR por ele.

Só que isso nem é mais romantismo. É só uma menina ganhar flores que fica pensando: “Hum… o que foi que ele fez dessa vez?”

A maior prova de amor é um depoimento no orkut, aqueles “(l) Fulano” no Msn, e as declarações do tumblr com um “Para: R.M.” por exemplo.

Porque apagar um depoimento do que ver as flores secarem. A internet deixou os relacionamentos mais fáceis.

Mesmo que eu nem goste tanto de sertanejo, concordo com Luan Santana quando ele diz que um beijo vale mais que mil palavras.

Nem precisa mais de depoimentos, nem de flores, nem de dedicações, nem de pedidos de casamento de brincadeirinha aos 15 anos.

É só não se preocupar em provar aos outros, e mostrar, com atos, o quanto amamos quem realmente importa.

E aí meninas, como vão? Vi essa foto linda e lembrei desse post. Quem quiser comentar e aproveitar pra deixar post, vou adorar retribuir a visita. Beijos!

Evelyne