• tumblr_ov74bamQis1s2uvgco1_1280
    Filmes, Música

    Gaga: Five Foot Two

    ver post
  • large-2
    Textos

    Paralisada

    ver post
  • large
    Viagens, Videos

    Vlogs legais de viagens

    ver post
  • 18033802_1425737924156032_8579091541036371031_n
    Música

    Bandas que vale a pena ouvir

    ver post
  • February 7, 2017
    postado por
    Foto 21-01-17 18 13 53

    No meu primeiro final de semana na Georgia nós fomos visitar Atlanta, principal cidade do estado. Era 21 de Janeiro e esse dia ficou super marcado na minha memória, pois estava ocorrendo a Womens March, uma marcha realizada em todos os Estados Unidos como um protesto contra as ações recentes do Trump, as suas declarações e a campanha política extremamente sexista, homofóbica e racista.

    Poder presenciar essa marcha de perto foi incrível e emocionante. Eram milhares de pessoas unidas, segurando placas, com camisetas apoiando o feminismo e contra todos esses absurdos que andam acontecendo no mundo inteiro que nos deixam revoltados. Eu confesso que naquele momento me surgiu uma esperança de que a nossa geração seja mesmo uma mais politizada e que luta contra as injustiças sociais que as minorias são vítimas.

    O movimento Black Lives Matter também foi citado diversas vezes na marcha

    O movimento Black Lives Matter também foi citado diversas vezes na marcha

    As ruas da cidade estavam lotadas, e o trânsito, paralisado. Eu vi muitos grupos de jovens indo juntos para a Marcha, animados, cheios de cartazes, e alguns com camisetas apoiando o ex candidato Bernie Sanders.

    hard rock

    Logo depois foi o momento de conhecer o Hard Rock Cafe, no centro de Atlanta. Eu já tinha visto o restaurante algumas vezes, mas não entrei. Eu queria conhecer a decoração, que é especial para quem ama música. Cheio de guitarras de artistas importantes do rock (e da música pop também), é difícil não se impressionar. O ponto forte com certeza é o ambiente.

    Foto 21-01-17 18 56 52

    Os Beatles possuem uma parede só com fotos memoráveis da banda, um violão que já foi usado pelo John Lennon, um desenho feito à lápis pelo mesmo, e outras coisas que fariam qualquer fã surtar. O meu pai, que ama a banda, adorou tudo. E nada mais justo do que eles ganharem um espaço grande no Hard Rock Cafe, né?

    Foto 21-01-17 19 00 00 Foto 21-01-17 18 57 59

    Dica: Os preços de alimentação do Hard Rock são bem mais salgados do que nos outros lugares. Então, se você quer economizar, dá para conhecer o local e ir almoçar/jantar em outro lugar. Ah, e sempre tem uma loja lá dentro (alguns preços são acessíveis) e dá para levar lembranças e camisetas para você ou para algum amigo.

    De volta para os arredores de Duluth, eu visitei um shopping aberto bem interessante, o The Forum, na Peachtree Parkway. Na verdade, o que me fez entrar nele foi que eu enxerguei a placa da Barnes & Nobles, uma livraria que eu sempre quis visitar, e que é uma das mais famosas nos EUA. As minhas expectativas foram atendidas! Eu passei mais de uma hora no local olhando tudo e desejando os livros.

    Foto 01-02-17 15 45 49

    Foto 01-02-17 15 04 57

    Eu passei um tempão na seção Young Adult, olhando os lançamentos (sabe aquele livro que você espera há meses a continuação sair no Brasil?) decidindo o que eu poderia levar. Os livros com capa dura são mais caros, custando em torno de $19 dólares. Os com capa mole são bem mais em conta: eles são no máximo $10 dólares. Mas vamos confessar que a capa dura é quase irresistível.

    Foto 01-02-17 15 12 25

    Foto 01-02-17 15 13 45

    Os fãs de Harry Potter possuem um espaço especial na Barnes & Nobles, com promoções de livros e a série com capas e versões diferentes. Eu não fotografei tudo, e tem muita coisa legal, de acessórios ao livro em formato HQ de HP. Eu fiquei impressionada. Quero começar a ler a série novamente, só que gostaria de comprar com uma capa alternativa (tem várias!).

    Foto 01-02-17 15 33 34

    Quem ai é fã da Nora Robers? Nessa parte da livraria eu encontrei todos os livros por preços incríveis (os de capa mole, que eu comentei a cima). Foi aqui que eu escolhi os dois que eu levaria: “The Summer I Turned Pretty”, da Jenny Han, e “That Summer”, da Sarah Dessen. Juntos eles custaram $20, e eu escolhi estes porque eu dificilmente achava aqui no Brasil (e eu sou fã das duas autoras).

    Foto 01-02-17 15 22 43

    A seção de vinil é imperdível! Tem desde os discos mais clássicos até os atuais, passando por The Beatles, Pink Floyd, The Smiths, até chegar em Ed Sheeran. Eu achei até mesmo o primeiro CD da carreira da Taylor Swift, que nunca foi vendido aqui no país. Fiquei desejando muito os vinis.

    Dentro da livraria também tem um Starbucks, e a galera toma um café ali enquanto lê os livros que comprou. Legal, né?

    February 5, 2017
    postado por

    Esse é o primeiro de muitos posts que eu planejei sobre a viagem que fiz recentemente. Desembarquei de volta hoje, e já quis escrever para compartilhar com vocês como foi incrível conhecer a Georgia, um estado que fica no Sudeste dos Estados Unidos. Com uma população de mais de 9 milhões de habitantes, o estado tem como cidade principal Atlanta. Atualmente é inverno nos EUA, e a temperatura era amena, chegando ao máximo de 22 graus durante o dia e podendo chegar a 3 graus durante a noite.

    1

    A primeira parada foi em Duluth, uma cidade “pequena” que fica próximo de Marietta e Roswell. A estrada é ótima, e em 20 minutos você chega rapidamente na outra. Duluth é um dos lugares mais charmosos que eu já visitei. Aliás, todo o estado é assim: a vegetação é cheia de árvores enormes, muitas folhas no chão para dar o clima de inverno, e uma quantidade grande de verde. É tudo muito bem cuidado, limpo e organizado.

    Foto 19-01-17 16 46 18 Foto 19-01-17 17 06 35 Foto 19-01-17 12 26 05

    Além das paisagens lindas – que me impressionaram muito – a cidade possui um centro bem interessante, com alguns monumentos históricos, como o teatro City Hall, construído em 1876, e que sofreu uma reforma em 2007. A praça também tem palco e atrações (rolam festivais em determinadas épocas do ano). O clima de small town é complementado com diversos cafés, lojas de doces e sorvetes. O que eu mais gostei é que a cultura também é super valorizada. São diversos os ateliês de arte, que ficam numa mesma rua no centro da cidade, e escola de música.

    Foto 20-01-17 17 24 42 (1) Foto 20-01-17 17 32 09 Foto 20-01-17 17 29 19 Foto 20-01-17 17 15 01

    Uma das lojas que eu mais gostei foi a Peace, Love & Decorating, que é uma boutique de roupas femininas e design de interiores. Os produtos são todos feitos por designers que fazem as peças manualmente e com muita delicadeza. É de ficar de queixo caído! E as roupas são maravilhosas, e trazem aquela vantagem da exclusividade. Cada coleção de um estilista traz algumas peças selecionadas, e marcas que destinam os seus lucros para ONGs também vendem seus produtos no local.

    Foto 20-01-17 17 56 55

    Vale super a pena conferir o Facebook da loja para entender mais do que eu estou falando. Eles também tem blog e loja online!

    Apaixonada por esse grafite

    Apaixonada por esse grafite

    O almoço neste dia foi na Dreamland Barbecue – ou simplesmente BBQ – que é um restaurante no estilo que os norte-americanos adoram (é semelhante ao Outback). Ele possui unidades na Georgia, Alabama, Tennessee e Florida. Para quem curte uma batata frita com queijo maravilhosa, carnes (no estilo costela) e uma comida com tempero, mas sem exageros (já que muitos restaurantes dos EUA exageram na pimenta) o local é uma ótima opção. Dá para conferir todo o menu.

    Dica: se você está viajando com mais de três pessoas, a Dreamland é uma boa escolha, porque os preços são bons e os pratos vem em grande quantidade.

    Foto 20-01-17 17 07 27
    Deu fome?

    Deu fome?

    August 1, 2015
    postado por

    Eu já tinha ido em São Paulo algumas vezes, mas nunca para realmente conhecer o lugar. Explico: como tenho família no Rio de Janeiro e vou com frequência para lá, eu fazia só umas paradas rápidas em SP. Até que nessas férias fui com o intuito de conhecer a cidade de verdade. E foi uma experiência muito legal! Eu sei que alguns leitores são de lá, mas outros também não conhecem essa cidade, que é a mais populosa do Brasil. Eu só tive três dias para visitar, o que é bem pouco, eu sei. Mas pretendo voltar!

    Então listei alguns lugares legais que eu fui – que na verdade, são pontos turísticos mesmo –  para caso você também esteja com a viagem marcada, se inspire para conhecê-los. Eu não usei carro, só andei de metrô e fui a pé em todos os lugares mesmo. É mais prático desse modo, já que o trânsito atrapalha.

    Av. Paulista

    Um dos locais que todo turista vai, óbvio! Se quiser ver quase tudo que tem por lá, é preciso tirar praticamente uma tarde toda. Tem muitas lojas legais, o Museu de Arte de São Paulo (que pretendo visitar na próxima vez), além de alguns Starbucks espalhados, então você sempre pode dar uma parada e tomar um café ou entrar no wifi. Um dos lugares que eu mais gostei de conhecer foi a Livraria Cultura, que fica em um prédio comercial. Ela é gigante! Os apaixonados por livros vão poder ficar horas conhecendo cada espaço. Tem muitas opções: uma infinidade de CDs, livros estrangeiros, revistas nacionais e internacionais. Eu achei os preços salgados; pode ser por quê eu costumo comprar meus livros pela internet, então sai bem mais barato (um lançamento é quase R$40,00, mas a gente sabe como os livros andam mais caros hoje em dia).

    Se quer fazer compras, vale a pena uma visita na Riachuelo, na Marisa, e em outras lojas de departamento que estão na Avenida Paulista. Elas são bem grandes, e tem muitas promoções. Na Marisa eu achei capinhas de celular lindas por R$9,90 (sério!).

     

    Reprodução da Imagem: aqui (Foto: Família Nômade).

    Forever 21

    Eu ainda não conhecia nenhuma Forever 21 em SP e a primeira que eu fui, foi a localizada na Rua Haddock Lobo, 150, Cerqueira César, bem pertinho da Riachuelo (que eu gostei bastante, o estilo dela é muito diferente das franquias que tem aqui em Florianópolis). Como gosto de praticamente todas as lojas da Forever, também curti essa (como eu já esperava). Vi muitas peças boho e T-shirts legais. O estilo dela em si é um pouco diferente da do Rio de Janeiro, que é cheio de vestidos, estampas e roupas florais. Eu queria conhecer as outras; na minha opinião cada loja tem um estilo próprio.

    Liberdade

    O bairro Liberdade, que fica no centro de SP, é localizado em sua maioria pelos japoneses e os chineses que moram na cidade. É um lugar incrível e imperdível para se visitar. As luminárias nas ruas dão um clima diferente, os grafites nos muros são muito legais e você vai encontrar uma infinidade de lojas. Mas é necessário pechinchar também. Algumas lojas são meio caras; elas vendem objetos de decoração lindos, mas o preço é salgado (é uma área de muito turismo). Tem vários restaurantes legais por lá. Eu almocei em um sushi bem legal, em que o yakisoba (ótimo!) rendia para umas 3 (ou 4) pessoas, custou R$30,00. O individual era R$17,00.

    Eu adorei esse muro que vi por lá! Ok, a foto ficou meio desproporcional ao post, mas eu tive que colocar! rs

    Foto: Reprodução VEJA

    Mercado Municipal de São Paulo

    Esse é um dos passeios mais indicados para fazer com sua família: reúna todo mundo e vá comer o famoso sanduíche de mortadela ou o pastel de bacalhau (é maravilhoso!). Inaugurado em 1933, o Mercado Municipal de SP é uma das marcas registradas da cidade. Ele é bem cheio, então não deixe pra ir na hora do almoço: assim, não dá tempo de ver a maioria das coisas. Lá é o lugar perfeito para achar muitos ingredientes, todas as frutas na sua vida que você quiser experimentar, doces, peixes, carnes, e almoçar no local é praticamente uma obrigação. Logo depois, passe na 25 de Março: eu comprei muitos anéis por lá por R$3,00. Ah, e prepare-se para andar bastante!

     

    Pousada Recanto dos Ingleses

    Essa foi a pousada que eu fiquei em SP, e ela é muito boa! Indico para todo mundo que vai ficar na cidade e quer ficar em uma ótima localização, próximo do centro, onde os lugares são próximos e é fácil de chegar na estação do metrô. O café da manhã é maravilhoso (é sério, tem de tudo: pão de queijo, frutas, suco, bolo, tudo feito em casa, da melhor maneira possível). O atendimento é ótimo e o dono, o Paulo, é muito simpático (assim como todos os funcionários!). O wifi é bom e pega super bem (detalhe importante, já que quase ninguém sobrevive sem wifi hoje em dia, haha!).

    Gostei muito de ficar por lá, é aconchegante, a decoração é vintage (como vocês podem observar pelas fotos), é um ambiente bem familiar, no qual você é muito bem recebido, e eu acho isso fundamental para se sentir confortável. No Trip Advisor, é só elogios também! Endereço: Rua dos Ingleses, 267, São Paulo – SP e fica no bairro Bexiga, perto do Brigadeiro.

    Eu não sou muito de tirar foto sou zero fotogênica mas essa foi tirada bem na frente da pousada. Foi uma viagem ótima. Meio corrido, porque eu fiquei por pouco tempo, mas espero voltar de novo e poder visitar outros lugares e fazer mais compras.

    April 5, 2015
    postado por

    Um dos meus maiores sonhos é quando me formar na escola, e depois que entrar na faculdade, investir o meu tempo (e dinheiro, que eu vou ter que ralar pra conseguir) em viagens. Já quero começar a trabalhar no ano que vem, e agora no final de 2015 eu me formo no curso de Inglês; uma das minhas coisas favoritas. Eu gosto muito da língua inglesa, e é algo que eu realmente me dou bem. E olha que é difícil eu falar isso sobre coisas relacionadas à estudo, viu? rs

    Pretendo fazer o TOEFL ou o IELTS (provas que precisam ser feitas caso você queira realizar uma pós-graduação fora do Brasil) também, mas vai ser necessário um tempo maior para se preparar.

    Depois de visitar a Disney no ano passado (clique aquiaqui e aqui se quiser ler como foi!) a minha vontade de conhecer outros lugares só aumentou; por isso eu passo bastante tempo pesquisando agências de intercâmbio, blogs da galera que mora no exterior e conta em detalhes como é a sua experiência, e os vlogs, claro, que são uma das ferramentas mais legais para descobrir como é morar naquela sua cidade ou país dos sonhos.

    O canal Cabide Colorido é da Michelle Alves, de 21 anos e que conta tudo sobre a experiência de ser au pair (os prós, contras, a rotina, o que ela gosta nos EUA, o que ela não curte, e até dicas de como comer de modo mais saudável lá!). Ela mora em Denver, no Colorado, e já visitou vários outros lugares do país bem legais e posta tudo no Youtube. É uma ótima fonte para quem tem curiosidade de saber como é ser au pair, e ver que não é um bicho de sete cabeças, como muitas pessoas falam. O blog dela também tem vários posts sobre o intercâmbio.

    Julia Alcântara é de Curitiba e está em Savannah, na Geórgia, na faculdade pelo Ciências Sem Fronteiras, um dos programas do governo federal que te dá a possibilidade de estudar no exterior, com tudo pago. No vídeo, ela explica direitinho os detalhes para quem ainda não conhece muito bem este programa. Vários amigos meus que estão na faculdade já se inscreveram, e eu planejo também quando tiver a chance. Os vlogs dela são bem interessantes, ela conta bem sobre como é a experiência de uma facul nos EUA, além de ser uma fofa. Ela também tem blog, o Tudo Orna!

    O Canadá é um dos destinos favoritos dos brasileiros e um dos locais mais seguros para se viver hoje em dia também. Muitas pessoas embarcam para o país e se apaixonam por ele. Também dizem que é um dos melhores locais para os jovens fazerem high school; eu conheço algumas pessoas que foram e elas curtiram bastante. No vlog da Cíntia, ela conta várias coisas sobre o Canadá essenciais para quem planeja fazer seu intercâmbio lá. E há também uma playlist especial em que ela ensina você a desenvolver o seu inglês. O inglês dela é fluente e a pronúncia, perfeita; dá vontade de estudar mais para ficar assim também!


    Não tem só EUA, não! No vlog da Juliana Mapa, você confere tudo sobre como é fazer o intercâmbio na França. Diferenças culturais, como é a comida, manias dos franceses, o high school, a experiência de morar fora aos 16 anos, dentre outros. Eu achei os vídeos dela muito legais, e também dá para entender mais como é o estilo de vida da Europa, o high school. Ela explica cada detalhe super bem.

    Tem vários outros vídeos interessantes; se vocês curtirem esse estilo do post, eu posso fazer mais! Dá para descobrir muitas coisas pesquisando em blogs, no Youtube. Ou seja, se esse também é um dos seus sonhos, é só correr atrás e buscar o maior número de informações possível!

    September 10, 2014
    postado por

    Como vocês já devem ter notado, e eu também falei algumas vezes sobre isso aqui no blog, eu sou uma pessoa sonhadora e que ama fazer planos. Sempre penso no futuro. E gosto de buscar pelas coisas também (não fico só sentada na frente do computador desejando por mais que às vezes eu seja preguiçosa) e depois da minha viagem para a Disney, a vontade de conhecer outros lugares só aumentou consideravelmente. Eu faço inglês desde 2012 e tenho uma boa base, consegui me virar super bem lá nos EUA, mas acho que isso é consequência do fato de eu ter me dedicado ao curso e sempre assistir tudo em inglês e algumas vezes sem legenda mesmo.

    Quero muito viajar e conhecer outros países, talvez até morar no exterior? Uma das opções mais legais pra fazer isso, sem acabar com a sua conta bancária, é o Ciências Sem Fronteiras, programa do governo que banca os estudantes das faculdades para estudarem por um ano lá fora. Eu quero muito fazer. É o meu plano principal pra depois que me formar na escola (aliás, mal posso esperar pra me formar, mas é só no ano que vem :P). Ano que vem termino o curso de inglês, mas quero continuar fazendo aulas semanalmente pra não perder o hábito.

    Estado da Califórnia

    O estado da Califórnia é o que possui mais habitantes nos Estados Unidos (são em torno de 37 milhões!). Ele possui muitas cidades famosas, como Los Angeles – a segunda mais populosa dos EUA, perdendo só para Nova York neste quesito – e além de ser conhecida pelo sol, praias e diversos pontos turísticos, é um dos locais que eu mais desejo visitar. Um dia ainda quero passar por Venice Beach, um distrito localizado no oeste de L.A. Sem falar em Hollywood também, né? Parece ser um estado muito legal pra se morar.

    Austrália

    A vontade de conhecer a Austrália surgiu mais recentemente, há algum tempo atrás. Conhecida pelas belas paisagens, os esportes radicais, praias e uma temperatura semelhante ao do Brasil, seria um sonho visitar esse lugar, que tem pontos turísticos incríveis. Pra quem quer conhecer mais, vale visitar esse site, que traz muitas informações e também traz um mapa com todas as cidades do país e o que tem de interessante para fazer em cada uma delas. A Austrália é bem longe daqui, são mais ou menos 16 horas de voo. Me falaram também que, junto com o Canadá, é um dos países mais seguros do mundo atualmente.

    Inglaterra

    Depois da Califórnia, o lugar que eu mais quero visitar no mundo é a Inglaterra. É meu sonho gente, haha! Além de ser apaixonada por coisas britânicas (o sotaque, os cantores, os seriados de TV) acho a cultura de lá muito legal e cheia de coisas curiosas também. Se eu fosse escolher um lugar pra fazer um intercâmbio, seria lá, por exemplo. Mas todo mundo fala que Londres é uma das cidades mais caras do mundo, então seria mais fácil ficar numa cidade próxima. Até porque o euro, pra quem é brasileiro, é super caro, então imaginem as despesas… Mas um dos meus maiores planos é visitar o país.

    Europa

    Além da Inglaterra, quero visitar vários países da Europa! Além de serem super charmosos, eles também possuem muitos pontos turísticos (de baladas à muita cultura!). Meu irmão mais velho morou 10 anos em Portugal, e esse é outro país que eu também tenho uma grande vontade de conhecer. Coloque na lista Espanha, França, Alemanha. Óbvio que alguns lugares são muito mais caros que os outros, mas acho que em muitas viagens o importante não é só ir pra consumir (isso, dá pra fazer muito bem em Orlando!) e sim visitar realmente os locais e viver novas experiências. Gastar dinheiro em roupa não é sempre o objetivo, né?

    É importante sonhar mas também buscar pelo que você quer. Vou trabalhar muito, pesquisar, juntar grana, enfim, pra realmente ter a chance de visitar outros lugares. E investir mais no curso de inglês. Sou um pouquinho ambiciosa, mas acho que vale a pena persistir nas coisas que queremos.

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA