• Arte publicada no Instagram por @obviousagency
    Comportamento, Textos

    As particularidades do autocuidado

    ver post
  • d0bf7cba72b4deb73d4861ea37e567e9
    Livros

    O que eu estou lendo? – Outubro

    ver post
  • Colagem por https://www.simplywhytedesign.co.nz/portfolio/digital-collages
    Blogs, Comportamento, Filmes, Música

    Ronda Virtual #2 – O que há de mais interessante na internet

    ver post
  • 2291f002dffe5a86eb3419ef5c2bb542
    Comportamento, Textos

    desculpe incomodar

    ver post
  • Setembro 23, 2019
    postado por
    arte: https://fitacola.com/torn-around-iv-2018

    arte: https://fitacola.com/torn-around-iv-2018

    Todos os dias antes de sair de casa,

    penso nos lugares que não conheci e nos becos que me parecem estranhos,

    assim como as ruas grandes e as rodovias solitárias

    ou as pessoas que vi apenas uma vez e deixei para trás sem despedida

    não gosto de me despedir, pois sempre sinto que ainda vou vê-las mais uma vez.

    Foi como naquele dia, em que te vi de longe

    e eu não quis voltar para casa nunca mais

    e dias depois, na análise, eu digo: “eu nunca quero voltar para casa”

    nunca quero voltar para os dias que são iguais,

    e as mesmas ruas que conheço, e as mesmas pessoas

    e os sentimentos que se repetem, roteiros iguais, premeditados

    são todos tão parecidos, essa é uma cidade estranha

    em que as pessoas nunca mudam.

    Cidade cheia de paisagens bonitas, mas cheiros que incomodam

    amores que cansam e vão embora,

    e que nos anos seguintes continuam os mesmos; tudo continua igual

    eu tenho a estranha sensação que se voltasse para esse lugar cinco anos depois

    nada teria mudado.

    As ruas seriam as mesmas,

    as pessoas ainda vestiriam as mesmas roupas, e teriam os mesmos pensamentos

    e você ainda estaria lá, arruinando qualquer coisa que tentasse te fazer feliz

    Por isso, quando vou embora, sinto um respiro

    sinto cada pedaço do meu corpo querendo ficar, desejando esse mundo novo

    nesse lugar de terra vermelha, de sensação quente

    nem o seco me incomoda

    nem o frio me atrapalha

    nem os lugares apinhados de gente, as luzes, o som

    eu sempre desejo ficar.

    Naquele dia os meus olhos brilharem e o meu corpo todo estremeceu

    foi a sensação bonita de ver o diferente

    de experienciar o novo

    mas eu sei que tem hora para acabar

    será que eu preciso mesmo voltar?

    Antes de ir embora tentei te guardar na minha mente

    cabelos cacheados, pretos, sorriso bonito

    ah, que sorriso lindo

    me deu vontade de ficar

    mas já era hora de ir

    olhei para trás, enquanto você se distanciava, ficava longe

    até eu não enxergar mais

    será que já é cedo demais para voltar?

    1. Stephanie Ferreira Set 25, 2019

      Que texto incrível! Eu tenho tanta vontade de voltar para minha cidade e ao mesmo tempo, sei que ela vai estar lá do mesmo jeitinho me esperando enquanto vivo o que tenho que viver na nova cidade.

      Um beijo,
      Blog da Kitbox ?

    2. Bruna Morgan Set 26, 2019

      Eu sinto estranhamente uma familiaridade com esse sentimento.
      Nunca me mudei nem do meu bairro, mas sei que o farei algum dia e que sentirei saudade e alívio. Já visitei lugares da infância e da adolescência, e doeu ver que mudaram não fisicamente, mas sim aos meus olhos de adulta

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA