• Arte publicada no Instagram por @obviousagency
    Comportamento, Textos

    As particularidades do autocuidado

    ver post
  • d0bf7cba72b4deb73d4861ea37e567e9
    Livros

    O que eu estou lendo? – Outubro

    ver post
  • Colagem por https://www.simplywhytedesign.co.nz/portfolio/digital-collages
    Blogs, Comportamento, Filmes, Música

    Ronda Virtual #2 – O que há de mais interessante na internet

    ver post
  • 2291f002dffe5a86eb3419ef5c2bb542
    Comportamento, Textos

    desculpe incomodar

    ver post
  • Outubro 13, 2019
    postado por
    2291f002dffe5a86eb3419ef5c2bb542

    Ontem me afundei, e estou cansada de quase sempre me afogar

    entre remédios tomados na hora certa,

    e pílulas na carteira para situações de emergência, eu me pergunto

    se sempre vou ser assim.

    Ontem eu achei que estava bem,

    depois de ter visto o mar,

    depois de ter colocado minha roupa favorita.

    Achei que eu ia aguentar, não teria motivo para você me desajustar

    mas durou pouco tempo.

    Quando eu vi, as coisas já estavam desmoronando de novo.

    Entre abraços de estranhos, entre gritos abafados e corpos que eu não conheço

    pessoas que eu não sei quem são,

    digo que gosto de fazer tudo sozinha,

    talvez seja mentira. Eu odeio estar sozinha.

    Odeio estar sozinha quando não tenho a quem chamar,

    quando coloco meus sentimentos em cima de quem nunca vai nem ao menos me olhar,

    quando experimento a sensação das relações frias e desajustadas,

    que deixam o vazio ainda maior.

    Levanto da cama, enxugo qualquer lágrima, tento seguir o meu dia,

    “obrigada pela ajuda”,

    talvez você também me odeie, como poderia não odiar?

    Obrigada pelo abraço, eu não quis incomodar.

    Desculpe ter invadido o seu espaço, eu tenho essa mania abrupta de chegar

    e me instalar,

    de achar que aquele mínimo momento vai me ajudar a melhorar.

    Eu não sei o que fazer. Ontem os remédios pararam de funcionar.

    1. Ava Out 16, 2019

      Meu coração se aperta só em ler palavras assim e imaginar que uma quantidade tão grande de pessoas passa por isso, mas não mostra. Simplesmente não conseguem estender a mão e pedir ajuda. é tão complicado, é difícil até falar. Queremos fazer algo, mas a verdade é que às vezes estamos até meio que afundados nos nosso próprios problemas e não vemos o outro de fato e como ele está.
      Espero que fiques bem, ou se estas a escrever sobre alguém que essa pessoa fique bem e que um dia isso possa te ruma solução, ou que tenhamos a coragem de simplesmente colocar pra fora.
      abraços,
      Ava

    2. Paola Out 25, 2019

      É bem difícil ler e saber que meu pai no momento está sentindo esses turbilhão. Estou ao lado dele pro que der e vier, sendo q pessoa mais importante da minha vida. Estar do lado faz toda a diferença nesse momento. Beijos Ana ?

    subir
    elas disseram TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 // DESIGN POR SARA SILVA